CÉLULAS-TRONCO: UMA REVISÃO SOBRE O PROCESSO DE DIFERENCIAÇÃO CELULAR NO TRATAMENTO DA INFERTILIDADE MASCULINA

Autor(es): CHUNG, Y.B.; MENEZES, D.

Células tronco são células indiferenciadas, encontradas em todos os organismos multicelulares. Possuem grande capacidade de proliferação, de autorenovação, de responder a estímulos externos e dar origem a diferentes linhagens celulares especializadas. Estas células podem ser de origem mesenquimal ou embrionária. As de origem mesenquimal mais conhecidas são oriundas da medula óssea e possuem a capacidade de diferenciação limitada. As células são retiradas da medula óssea, separadas pela técnica de centrifugação em gradientes de Ficol e/ou Percol e, posteriormente, injetadas no órgão ou tecido leso. As de origem embrionária podem se transformar em qualquer tipo celular. À medida que o embrião se desenvolve, suas células iniciam um processo de diferenciação, produzindo tipos específicos de tecido do indivíduo adulto. A primeira etapa de diferenciação visível no embrião se dá quando este atinge o estágio de blastocisto. Neste estágio, se observa dois tipos distintos de células: as que irão dar origem aos tecidos extraembrionários e as que darão origem a todos os tecidos do embrião, chamados de massa celular interna (MCI). Apesar destas células terem potencial amplo, ainda não foi determinado em que tecido cada uma se transformará, ou seja, elas são células indiferenciadas. As células do MCI podem ser colocadas em placas de cultura e serem induzidas in vitro a se transformar em qualquer tipo de célula. No tratamento da infertilidade masculina, a aplicação das células tronco é diretamente nos testículos, para, desta forma, sofrerem estimulação e se transformarem em espermatozóides. Atualmente, pesquisas experimentais têm diferenciado in vitro células tronco em espermatozóides e, posteriormente, realizando a inseminação artificial. Contudo, essa abordagem imbrica limitações éticas na utilização em seres humanos, alta incidência de formação de tumor e rejeição do corpo. As pesquisas avançam para que em um futuro próximo, esta técnica possa ser aplicada no tratamento da infertilidade masculina e outras patologias com maior segurança.

Palavras-chave: células tronco. espermatozóide. infertilidade masculina.

voltar
Anais da MCC., Salvador, v.1, n.3, setembro. 2012, ISSN

Av. Dom João VI, 274 - Brotas - CEP: 40285-001
Salvador/Ba Tel: 2101-1900 Fax: 3356-1936
http://www.bahiana.edu.br