PARÂMETROS CLÍNICOS E ESTATURA FINAL EM MENINAS COM PUBERDADE PRECOCE CENTRAL IDIOPÁTICA ACOMPANHADAS EM UM CENTRO DE REFERÊNCIA EM SALVADOR, BAHIA

Autor(es): Thomas Vieira Lobão; Ana Cláudia Couto Santos da Silva

Introdução: A Puberdade Precoce Central (PPC) ocorre devido à ativação precoce do eixo hipotalâmico- hipofisário-gonadal e envolve não apenas mudanças físicas precoces da puberdade, como também acelera a maturação óssea e o crescimento linear, comprometendo a estatura final. No sexo feminino, ocorre quando há surgimento da telarca antes dos 8 anos ou o aparecimento da menarca antes dos 10 anos, sendo a causa idiopática (PPCI) responsável por 95% dos casos. O diagnóstico é clínico, seguindo-se os critérios de Marshall & Tanner, e para tratamento utiliza-se agonistas de liberação lenta do hormônio liberador de gonadotrofinas (GnRHa). Objetivos: Descrever as características clínicas das meninas com PPCI e identificar a estatura final no subgrupo de meninas que a alcançaram. Metodologia: Estudo descritivo, com coleta de dados retrospectiva, envolvendo meninas com diagnóstico de PPCI acompanhadas e tratadas com GnRHa no Centro de Diabetes e Endocrinologia da Bahia, no período de dezembro de 1998 a junho de 2010. As seguintes variáveis serão consideradas: estadiamento puberal na primeira consulta; idades cronológicas do início da telarca, do momento da primeira consulta, do início e término do tratamento; presença ou não de pubarca e/ou menarca associada à telarca, bem como a idade cronológica do surgimento; idade óssea no início do tratamento; primeiras dosagens de LH, FSH e estradiol basal; estatura no início e término do tratamento; previsão da estatura final no início e término do tratamento; estaturas materna e paterna; idade da menarca materna; idade da menarca da paciente pós-tratamento com GnRHa; estatura final e idade cronológica no momento da estatura final. Resultados: Espera-se, com o tratamento com GnRHa, observar um ganho estatural significativo das meninas, atingindo, assim, uma estatura final maior do que a prevista pelo método de Bayley-Pinneau antes do início da terapia e/ou maior ou igual à estatura-alvo.

Palavras-chave: puberdade precoce central. estatura final. crescimento.

voltar
Anais da MCC., Salvador, v.1, n.3, setembro. 2012, ISSN

Av. Dom João VI, 274 - Brotas - CEP: 40285-001
Salvador/Ba Tel: 2101-1900 Fax: 3356-1936
http://www.bahiana.edu.br