PERFIL EPIDEMIOLÓGICO DOS TRABALHADORES ATENDIDOS NO SERVIÇO DE TERAPIA OCUPACIONAL

Autor(es): Giovana Bonfim; Paula Almeida; Vanessa Fontanelli; Francesca de Brito Magalhães e Tiza Mendez

As Lesões por Esforços Repetitivos e Distúrbios Osteo-musculares relacionados ao Trabalho (LER/DORT) vêm aumentando significativamente nos últimos anos entre os trabalhadores expostos à sobrecarga física, cognitiva e mental. Entende-se por LER/DORT um conjunto de afecções relacionadas às atividades laborativas que comprometem o sistema musculoesquelético. Pesquisa realizada nos prontuários do Serviço de Terapia Ocupacional (SERTO) da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública reitera essa tendência: a grande maioria dos trabalhadores atendidos na instituição é acometida por LER/DORT. O objetivo deste estudo é apresentar o perfil epidemiológico dos trabalhadores atendidos no SerTO, no período compreendido entre 2002 e 2010, enfocando os dados sociodemográficos, profissionais, previdenciários e assistenciais. Trata- se de um estudo descritivo-quantitativo através de coleta de dados nos prontuários do SERTO voltado para a saúde do trabalhador no período mencionado. Esses dados foram transcritos para o programa SPSS, a fim de quantificar e qualificar esses dados para elaboração dos resultados. As variáveis adotadas para o desenvolvimento do estudo foram sexo, escolaridade, profissão, renda, situação trabalhista e previdenciária e diagnostico médico. Os resultados preliminares são que 251 trabalhadores foram atendidos nesse período, sendo 203 foram do sexo feminino e 48 do sexo masculino, 171 trabalhadores têm ensino médio e 50 trabalhadores com ensino superior, 119 trabalhadores possuem renda superior entre 1 a 5 salários mínimos, há um número expressivo de trabalhadores atendidos do setor informal, cerca de 126 indivíduos não possuem carteira assinada, em relação a situação previdenciária verifica-se que 50 possui auxilio doença comum, 53 auxilio acidentário e 17 aposentados por invalidez, o diagnostico médico principal é de tendinite, tenossinovite, STC e cervicalbraquialgia, entre outros. Além de definir o perfil epidemiológico dos trabalhadores, este estudo também direciona as ações do Serviço de Terapia Ocupacional na assistência dessa população.

Palavras-chave: terapia ocupacional. LER/DORT. perfil epidemiológico.

voltar
Anais da MCC., Salvador, v.1, n.3, setembro. 2012, ISSN

Av. Dom João VI, 274 - Brotas - CEP: 40285-001
Salvador/Ba Tel: 2101-1900 Fax: 3356-1936
http://www.bahiana.edu.br