O LEGADO DE GONÇALO MONIZ PARA A SAÚDE NA BAHIA

Autor(es): Marcela Farias Costa; Tania Kobler Brazil

O trabalho trata do resgate da memória de um dos principais pesquisadores baianos da área biomédica, com legados de conhecimento e de gestão em saúde pública. Foi realizado um extenso levantamento bibliográfico, tanto em relação ao que foi escrito sobre ele (1912-2010) quanto ao por ele publicado (1891– 1940). Gonçalo Moniz Sodré de Aragão nasceu em 28 de janeiro de 1870, filho do médico Dr. Egas Carlos Moniz Sodré de Aragão e D. Maria Leopoldina Moniz Sodré de Aragão. Ingressou na Faculdade de Medicina da Bahia-FAMEB aos 17 anos (1887), formando-se aos 23 (1893). Desde o período do seu internato (1891- 1893) até 1925, quando se aposentou, dedicou-se ao magistério da medicina, em várias cadeiras (Clínica Médica, Fisiologia, Anatomia, Fisiologia Patológicas e Patologia Geral, Histologia, Bacteriologia, Anatomia e Fisiologia Patológicas) e todo esse período se caracteriza por intensa produção e publicação de trabalhos voltados à saúde da população baiana, em especial relativos à peste bubônica e à tuberculose. Foi redator da Gazeta Médica da Bahia (1906-1914), considerada o mais importante jornal médico brasileiro do século XIX, divulgador da produção científica relacionada à patologia tropical no Brasil. A partir de 1897 sua vida foi marcada pela atuação na gestão e administração em saúde pública: dirigiu uma enfermaria militar montada na FAMEB (1897) para o atendimento de feridos da Guerra de Canudos (1896-1897), e o Gabinete de Análises e Pesquisas Bacteriológicas da Bahia (1899), verificando óbitos e controle das doenças infecto-contagiosas de caráter epidêmico. Isto o levou ao Instituto Soroterápico Federal (Instituto de Manguinhos, atual FIOCRUZ) a fim de estudar a preparação da vacina antipestosa e do sôro Yersin, ao cargo de Diretor Geral de Saúde Pública do Estado (1914) e de Secretário do Interior, Justiça e Instrução Pública (1915-1916), no período da epidemia da gripe espanhola (1918-1920). Faleceu em 1º de junho de 1939.

Palavras-chave: ciência biomédica. gonçalo moniz. saúde pública.

voltar
Anais da MCC., Salvador, v.1, n.3, setembro. 2012, ISSN

Av. Dom João VI, 274 - Brotas - CEP: 40285-001
Salvador/Ba Tel: 2101-1900 Fax: 3356-1936
http://www.bahiana.edu.br