PREVALÊNCIA DE DEPRESSÃO E ANSIEDADE EM CUIDADORES DE INDIVÍDUOS COM TRANSTORNO MENTAL

Autor(es): Felipe Oliveira Costa; Marco Antônio Costa Carlos; Isabella de Oliveira Magalhães; Bianca Fagundes Muraro; Francielle Gomes Viana; Ana Cláudia Cajueiro Luna

Introdução: Desde a metade do século passado, tem-se investigado a participação dos familiares no cuidado de pacientes psiquiátrico? A qualidade de vida desse grupo tem sido, desde então, alvo de pesquisas, na tentativa de delimitar o âmbito da sua vida pessoal e a do doente – buscando as implicações desse cuidado contínuo. Assim, o nível de sobrecarga desses cuidadores é claramente elevado, variando de acordo com a respectiva patologia. Alguns estudos mostram que, tanto a sobrecarga objetiva (principalmente no que concerne à alimentação do doente) quanto a subjetiva (como o tempo despendido no cuidado) são elevados; além disso, é comum que o alvo desses estressores sejam mulheres casadas e, muitas vezes, mães, visto em estudos brasileiros. Sabendo-se que os transtornos de depressão e ansiedade estão evidentemente associados à exposição contínua a estressores, como vistos em cuidadores de pacientes terminais com câncer, é de interesse das inúmeras áreas da ciência (como a medicina e a psicologia) obter dados acerca da saúde mental daqueles que dedicam cuidados a pacientes com os diversos transtornos mentais. Objetivos: verificar a prevalência de depressão, ansiedade ou transtorno misto em cuidadores de pacientes com transtorno mental em um ambulatório de psiquiatria, em Salvador, Bahia. Metodologia: Será aplicada a escala de Hamilton para depressão e ansiedade em cuidadores de pacientes que tenham sido diagnosticados com algum transtorno mental. Estes precisarão estar sintomáticos, ou seja, em pleno episódio, ou portadores de transtornos sem períodos assintomáticos. Além da escala citada, os indivíduos da pesquisa serão submetidos a outro questionário, com informações sociodemográficas, socioeconômicas e acerca da doença do paciente. A população estudada (acompanhantes) será proveniente de pacientes que são atendidos pela gratuidade e em consultas particulares pelo ambulatório de psiquiatria na Fundação de Neurologia e Neurocirurgia – Instituto do Cérebro, na cidade de Salvador, Bahia.

Palavras-chave: depressão. ansiedade. sobrecarga. transtorno. cuidador.

voltar
Anais da MCC., Salvador, v.1, n.3, setembro. 2012, ISSN

Av. Dom João VI, 274 - Brotas - CEP: 40285-001
Salvador/Ba Tel: 2101-1900 Fax: 3356-1936
http://www.bahiana.edu.br