A ARTETERAPIA E SEU IMPACTO NO TRATAMENTO DE CRIANÇAS HOSPITALIZADAS

Autor(es): Juliana Bezerra Guanaes; Juliana de Moura Leal Valverde; Ana Aparecida Nascimento M. Braga

Este artigo tem por objetivo discutir a importância e a utilização da Arteterapia e seu impacto no tratamento de crianças hospitalizadas, analisando de que forma essa técnica pode ajudar no processo de hospitalização das mesmas. Apresenta a introdução da expressão artística em contextos terapêuticos, focalizando o seu desenvolvimento em hospital na área infantil. Primeiramente é descrito o surgimento da Arteterapia e seus conceitos, contextualizando o desenvolvimento infantil e abordano também o que é a hospitalização para crianças e a utilização da Arteterapia nesse contexto. Ao final, é exposta a importância da família nesse contexto hospitalar, por ser uma estrutura constituída como um todo organizado que sofre grandes mudanças e um impacto emocional relevante nesse processo que tem melhores resultados quando o trabalho da Arteterapia é desenvolvido. Ao longo deste estudo é mostrado que a Arteterapia é uma técnica adequada à fase infantil e de grande importância quando usada em contextos que apresentam dificuldade de expressão por meio da linguagem verbal, bem como em situações caracterizadas por sofrimento e dor, como ocorre no processo da hospitalização, favorecendo resultados bastante significativos, na medida em que, com o brincar, a criança pode elaborar uma situação da realidade, e dar novo significado para as coisas à sua volta. Diante do assunto tão relevante e expressivo, faz-se necessário a amplitude de trabalhos nesse campo, tendo em vista que a Arteterapia pode ser um método de trabalho eficaz, que facilita a expressão dos aspectos subjetivos do sujeito quando hospitalizado.

Palavras-chave: arteterapia. pediatria. hospitalização.

voltar
Anais da MCC., Salvador, v.1, n.3, setembro. 2012, ISSN

Av. Dom João VI, 274 - Brotas - CEP: 40285-001
Salvador/Ba Tel: 2101-1900 Fax: 3356-1936
http://www.bahiana.edu.br