EFEITOS DA ELETROESTIMULAÇÃO PARASSACRAL EM MULHERES PORTADORAS DE DISMENORRÉIA PRIMÁRIA

Autor(es): Roberta Ramos Leite; Roseny Santos Ferreira

A dismenorréia primária é o processo álgico decorrente do período menstrual no qual não se identifica uma patologia pélvica que justifique os seus sintomas.Sua etiologia se deve ao excesso de substâncias relacionadas ao mecanismo da dor, entre elas a prostaglandina que promove a hipercontratilidade miometral, isquemia e dor. A incidência ultrapassa 70%,sendo considerada uma das afecções ginecológicas mais frequentes em mulheres jovens e, portanto, um problema de saúde pública. Objetivou-se, com este trabalho, avaliar os efeitos da eletroestimulação para-sacral em mulheres portadoras de dismenorréia primária. Este estudo envolveu estudantes portadoras de dismenorréia primária da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública, no período de agosto de 2009 a agosto de 2010.O tratamento consistiu na aplicação de eletrodos de superfície na região para-sacral com uma frequência de 10Hz, largura de pulso de 700ms, durante 5 sessões de 20 minutos cada. Após o término, foi realizada uma avaliação continuada por, no mínimo, 3 meses. Ao avaliar o efeito agudo da eletroestimulação foi encontrado que este tratamento se mostrou efetivo na redução imediata de dor na 1ª sessão e que o tempo médio de analgesia foi de 4,5 horas. Ao verificar o efeito a longo prazo foi encontrado que houve uma tendência à redução da dor quando comparada à intensidade da dor entre a 1ª sessão e o 1º e 2º ciclos menstruais.

Palavras-chave: urologia. ginecologia. eletroterapia.

voltar
Anais da MCC., Salvador, v.1, n.3, setembro. 2012, ISSN

Av. Dom João VI, 274 - Brotas - CEP: 40285-001
Salvador/Ba Tel: 2101-1900 Fax: 3356-1936
http://www.bahiana.edu.br