AVALIAÇÃO DA INFLUÊNCIA DA INFECÇÃO POR LEISHMANIA NO METABOLISMO OXIDATIVO DO MACRÓFAGO

Autor(es): Ian Teixeira e Sousa; Juliana Perrone Bezerra de Menezes; Patrícia Sampaio Tavares Veras

Macrófagos de camundongos CBA controlam a infecção por Leishmania major e são permissivos a Leishmania amazonensis, sugerindo um papel importante dessas células no curso da infecção. Adicionalmente, estudos de proteômica demonstraram que, macrófagos infectados por L. amazonensis e L. major expressam diferentes conjuntos de proteínas relacionados com a resposta inicial à infecção por Leishmania. A análise por espectrometria de massas do extrato protéico de macrófagos peritoneais de camundongos CBA infectados por L. amazonensis ou L. major, por 6 ou 24h, permitiu a identificação de 162 proteínas diferentemente expressas entre células infectadas por essas duas espécies de Leishmania. Dentre elas, foram identificadas proteínas envolvidas no metabolismo oxidativo do macrófago como, por exemplo, a enzima citocromo c oxidase (CcO), última enzima da cadeia respiratória, envolvida no consumo metabólico de oxigênio, e o fator induzido por hipóxia 1-alfa (HIF-1-a do inglês hypoxia induced factor), relacionada com as alterações metabólicas durante hipóxia. Ambas as proteínas apresentaram expressão aumentada na infecção por L. major quando comparada à infecção por L. amazonensis. A presente proposta tem como objetivo determinar se, em macrófagos de camundongos CBA, a infecção por L. major ou L. amazonensis modula de forma distinta o metabolismo oxidativo do macrófago. Substâncias específicas para modular o metabolismo oxidativo do macrófago, a exemplo do cianeto de potássio, serão utilizadas para avaliar sua influência no curso da infecção. Nossa hipótese é que, diferente do que ocorre na infecção por L. major, na infecção por L. amazonensis a inibição do metabolismo oxidativo da célula hospedeira favorece a sobrevivência intracelular do parasito.

Palavras-chave: macrófago. leishmania. metabolismo oxidativo.

voltar
Anais da MCC., Salvador, v.1, n.3, setembro. 2012, ISSN

Av. Dom João VI, 274 - Brotas - CEP: 40285-001
Salvador/Ba Tel: 2101-1900 Fax: 3356-1936
http://www.bahiana.edu.br