DESCRIÇÃO DA EFICÁCIA DA HIDROXIURÉIA NO TRATAMENTO DA ANEMIA FALCIFORME

Autor(es): Amália Maria do Epírito Santo Souza; Iana Carine Machado Bispo; Flávia Silva Bastos; Ronald Pallota

Introdução: A anemia falciforme é uma doença genética qualitativa, determinada pela homozigose da hemoglobina S. Estima-se que a prevalência do gene HbS no Brasil esteja entre 1 e 6%, sendo maior na cidade de Salvador (Bahia). Essa desordem genética caracteriza-se por anemia hemolítica crônica, crise vaso-oclusivas recorrentes e uma suscetibilidade aumentada a infecções, associadas a lesões orgânicas crônicas e crises dolorosas agudas. As terapêuticas disponíveis para o tratamento dessa hemoglobinopatia são o transplante de medula óssea (TMO) e a hidroxiuréia (HU). O TMO apesar de curativo é considerado de alto risco por apresentar grande índice de complicações de mortalidade. A HU é um agente quimioterápico que promove melhora clínica importante dos pacientes tratados por diminuir a frequência das crises de falcização e elevar os níveis de hemoglobina, hematócrito e hemoglobina F. Atualmente, a HU é a única terapia doença modificadora aprovada para anemia falciforme, apesar das dificuldades de acesso à medicação. Objetivo: Descrever a eficácia do uso da hidroxiuréia no tratamento de pacientes com anemia falciforme, baseando-se em parâmetos clínicos, larotaroriais e na qualidade de vida dos pacientes. Metodologia: Estudo descritivo retrospectivo e de corte transversal baseado na análise de prontuários e na aplicação do questionário de qualidade de vida (WhoQol – OMS), em pacientes portadores de anemia falciforme, em uso de hidroxiuréia, atendidos no ambulatório assistencial da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. As variáveis analisadas incluirão dados clínicos e laboratoriais dos prontuários e avaliação da qualidade de vida pelo qestionário da OMS. A análise dos dados será feita pelo SPSS versão 13.

Palavras-chave: anemia falciforme. medicina. informação em saúde.

voltar
Anais da MCC., Salvador, v.1, n.3, setembro. 2012, ISSN

Av. Dom João VI, 274 - Brotas - CEP: 40285-001
Salvador/Ba Tel: 2101-1900 Fax: 3356-1936
http://www.bahiana.edu.br