DOENÇAS CAUSADAS POR NEMATÓDEOS EXÓTICOS E DE IMPORTAÇÃO

Autor(es): Douglas Lopes Travassos; Bruno Correa Lordelo; Daniela Barros Nascimento; Eduardo Varjão Vieira; Emanuele da Silva Pessoa; Felipe Lopes Rocha Barreto

Introdução: Nematódeos exóticos ou de importação são helmintos de incidência rara ou ausente em determinada localidade. Abordaremos os nematódeos exóticos no Brasil que têm em comum o homem como hospedeiro acidental. Objetivos: Caracterizar as doenças por nematódeos exóticos e de importação através de leitura de artigos científicos e revisão de literatura. Métodos: Revisão de literatura na base de dados MEDLINE e na biblioteca virtual SciELO, descritores em português e inglês com nomes dos nematódeos e suas respectivas doenças. Resultados: A maioria dos nematódeos exóticos abordados são observados em climas tropicais, com exceção da Trichinella spiralis, mais prevalente em regiões temperadas. O homem é hospedeiro acidental em todas essas parasitoses. Condição socioeconômica desfavorável é constituída por uma gama de fatores que, em conjunto, podem ser considerados como os principais fatores de risco para infecções por nematódeos exóticos. A transmissão se dá por penetração de larvas através da pele ou mucosas dos hospedeiros humanos; pela ingestão de carne contaminada crua ou malcozida de outros hospedeiros acidentais ou definitivos - aqui destaca-se ingestão de carne de animais silvestres - ou pela ingestão de ovos infectantes. O diagnóstico baseia-se no exame clínico, parasitológico de fezes, biópsia das lesões, exame se líquor e testes sorológicos. O quadro pode apresentar-se assintomático ou abranger um amplo espectro de manifestações clínicas: alterações abdominais, lesões cutâneas, neurológicas, pulmonares, musculares e alterações auditivas. O tratamento anti-helmíntico é ineficaz na maioria das doenças abordadas. Citamos como medidas de prevenção e controle a educação em saúde, saneamento básico, cuidado com áreas de lazer. Conclusão: Informações nessa área são bem escarças, portanto é preciso incentivar o estudo e pesquisa para melhorar especialmente os quesitos prevenção e tratamento, visando a educação da comunidade e oferecimento de informação aos praticantes de ecoturismo, bem como drogas novas, já que na maioria dessas doenças o tratamento absentem-se à sintomatologia.

Palavras-chave: doenças, nematódeos, raros, Brasil

voltar
Anais da MCC., Salvador, v.1, n.3, setembro. 2012, ISSN

Av. Dom João VI, 274 - Brotas - CEP: 40285-001
Salvador/Ba Tel: 2101-1900 Fax: 3356-1936
http://www.bahiana.edu.br