ACIDENTES OCUPACIONAIS EM MILITARES DAS FORÇAS ARMADAS

Autor(es): Paulo Henrique Araujo Conceição

INTRODUÇÃO: Existem inúmeros estudos relacionados aos Acidentes de Trabalho (AT) associados, principalmente com a população de trabalhadores da construção civil, indústria e serviços. Todavia ocorre discrepância no volume de publicações que focalizam o trabalhador militar. OBJETIVO: Estimar a ocorrência de acidentes ocupacionais em militares das Forças Armadas verificando quais os tipos de acidentes mais freqüentes e se existe diferença na proporção de acidentes de acordo com a Força Singular. MÉTODOS: Estudo observacional transversal e incluirá os trabalhadores da Força Aérea Brasileira (FAB) como foco do estudo e destes, os que tiveram passagem pelo serviço de perícia médica, lotados em Salvador. Os dados serão obtidos a partir de fichas pericias médicas no Esquadrão de Saúde armazenadas na Junta de Inspeção, que tambem realizam o controle da saúde dos militares arquivando laudos de incapacidades temporárias. A partir desta fonte secundária, serão coletados dados sobre o motivo do afastamento do trabalhador, origem do acidente, tipo de lesão, especialidade militar, posto/graduação, tempo de trabalho, idade e sexo. O programa de análise utilizado será o SPSS 14.0 for Windows e medidas de morbidade proporcional serão as principais formas estatísticas. RESULTADOS: As incapacidades por qualquer tipo de doença tiveram 23,3% do quadro geral. Destas 26,3% geraram incapacidades parciais para realização de qualquer tipo de atividade laboral. Porem, até o momento não foram constatados afastamentos por ATs.

Palavras-chave: Saúde do trabalhador, militares, acidentes ocupacionais

voltar
Anais da MCC., Salvador, v.1, n.3, setembro. 2012, ISSN

Av. Dom João VI, 274 - Brotas - CEP: 40285-001
Salvador/Ba Tel: 2101-1900 Fax: 3356-1936
http://www.bahiana.edu.br