CARGA PROVIRAL E DOENÇAS ASSOCIADAS EM PACIENTES INFECTADOS POR HTLV-1

Autor(es): Tancredo Alcântara Ferreira Junior; Raonne Souza Almeida Alves Menezes; Raiza Menezes Ferraz; Victor Macedo Nascimento; Sammara Azevedo Guedes; Monique Caribé Brasileiro Mattos

INTRODUÇÃO: O vírus linfotrópico de células T humanas do tipo 1 (HTLV-1) foi o primeiro retrovírus associado à doença humana. Infecta 10 a 20 milhões de pessoas no mundo, entretanto, menos 5% desenvolverão alguma doença. Dentre as principais descritas estão a leucemia/linfoma das células T do adulto (ATLL), a mielopatia associada ao HTLV/paraparesia espástica tropical (HAM/TSP), a uveíte associada ao HTLV-1 (HAU), a dermatite infecciosa associada ao HTLV-1 (IDH) e a ceratoconjutivite Sicca (KCS). A carga proviral é a quantidade de vírus integrada ao genoma da célula infectada. Existem indícios de que pacientes com doenças associadas têm uma carga proviral elevada. Entretanto, esta associação não está comprovada. OBJETIVO: Verificar a relação entre carga proviral e desenvolvimento de doenças associadas ao HTLV-1. METODOLOGIA: revisão da literatura, utilizando o Medline como base de dados e os seguintes descritores: HTLV, carga proviral, doenças associadas. A pesquisa bibliográfica incluiu artigos e dissertações escritos nas línguas inglesa e portuguesa publicados de 2006 a 2011. Foram selecionados cinco artigos. RESULTADOS: Dos cinco artigos revisados, notou-se que pacientes com uma maior carga proviral apresentam uma maior expressão da proteína Tax. A carga proviral de todos os pacientes com HAM/TSP foi maior que dos assintomáticos; a carga proviral de HTLV-1 em paciente com KCS foi maior que a média da carga proviral em pacientes sem KCS; a carga proviral dos pacientes com IDH é maior que a dos indivíduos assintomáticos. CONCLUSÃO: A carga proviral encontra-se elevada em pacientes com doenças associadas ao HTLV em relação aos portadores assintomáticos. Portanto, seria relevante o monitoramento da carga proviral dos pacientes e da busca de terapêuticas que visam reduzir a morbimortalidade.

Palavras-chave: htlv; carga proviral; ham/tsp; dermatite infecciosa associada ao htlv-1; ceratoconjutivite sicca.

voltar
Anais da MCC., Salvador, v.1, n.3, setembro. 2012, ISSN

Av. Dom João VI, 274 - Brotas - CEP: 40285-001
Salvador/Ba Tel: 2101-1900 Fax: 3356-1936
http://www.bahiana.edu.br