NECESSIDADE DE IMPLANTAÇÃO DE UM SISTEMA DE VERIFICAÇÃO DE ÓBITO NA CIDADE DE SALVADOR

Autor(es): Matheus Santos Rodrigues Silva; Humberto Drews Pêssoa Lopes; Dimitri Hansen Guimarães; Matheus Lordelo Rocha

Os dados relativos à mortalidade são ferramentas essenciais no planejamento das políticas sanitárias. Porém sabe-se que estes dados nem sempre são fidedignos, com destaque para os relativos à mortalidade.¹ A origem destes dados é o atestado de óbito², documento que deve ser preenchido preferencialmente por um médico.3 Segundo recomendações da Organização Mundial de Saúde, as causas de morte a serem registradas são todas as doenças, estados mórbidos e lesões que produziram a morte ou que contribuíram para ela, e as circunstâncias do acidente ou da violência que produziu essas lesões. Para finalidades estatísticas, a classificação da causa de morte é simples quando só uma causa é mencionada; quando são mencionadas várias afecções uma delas é selecionada e é a chamada

Palavras-chave:

voltar
Anais da MCC., Salvador, v.1, n.3, setembro. 2012, ISSN

Av. Dom João VI, 274 - Brotas - CEP: 40285-001
Salvador/Ba Tel: 2101-1900 Fax: 3356-1936
http://www.bahiana.edu.br