DOENÇAS SEXUALMENTE TRANSMISSÍVEIS E SAÚDE REPRODUTIVA EM ADOLESCENTES

Autor(es): Bruno Fernando Borges da Costa e Silva; Igor Logetto Caetité Gomes; Iuri Usêda Santana; Márcia Sacramento Cunha Machado; Rita Elizabeth M Mascarenhas

As adolescentes constituem o grupo etário de maior risco de infecção por agentes microbiológicos transmitidos pelo coito. Grande parte desses patógenos têm predileção pelo epitélio cilíndrico do colo uterino, que, devido a sua imaturidade anatômica, está mais susceptível em indivíduos dessa faixa etária. Infecção genital por Chlamydia trachomatis é uma das principais DST em adolescentes e mulheres jovens, com a sua frequência variando de maneira inversamente proporcional à idade das pacientes. Mycoplasma hominis e Ureaplasma são considerados agentes oportunistas, que causam infecções invasivas em populações susceptíveis. O objetivo deste projeto é determinar a prevalência de C. trachomatis e Mycoplasma/Ureaplasma em adolescentes, assim como descrever os fatores de risco associados a essas infecções. O estudo analisará 100 pacientes acompanhadas em um serviço de ginecologia. Em princípio, será realizado um levantamento dos estudos afins realizados no mundo e no Brasil, para situar o trabalho em questão. Os testes de PCR para Chlamydia trachomatis e Mycoplasma/Ureaplasma em amostras do endocérvice dessas pacientes serão finalizados com o intuito de se elaborar um banco de dados, juntamente com as informações contidas nos questionários aplicados durante as consultas. Após a análise estatística dos dados, os resultados serão descritos em manuscritos, gráficos e figuras em língua portuguesa e inglesa e submetidos a revistas acadêmicas para eventual publicação.

Palavras-chave: DST, Chlamydia, Mycoplasma, Adolescente

voltar
Anais da MCC., Salvador, v.1, n.3, setembro. 2012, ISSN

Av. Dom João VI, 274 - Brotas - CEP: 40285-001
Salvador/Ba Tel: 2101-1900 Fax: 3356-1936
http://www.bahiana.edu.br