MECANISMOS DE DOR NOCICEPTIVA EM INDIVÍDUOS COM ARTRITE REUMÁTÓIDE: REVISÃO SISTEMÁTICA

Autor(es): Maria Gabriela Silva Hage Carmo

Introdução: A Artrite Reumatóide (AR) é uma doença inflamatória crônica cuja etiologia é desconhecida, caracterizada por inflamação articular, dor e déficit funcional. Como implicações da doença, indivíduos podem apresentar fadiga, diminuição da amplitude de movimento e dor. A dor parece ser o sintoma mais importante para a maioria dos pacientes, levando a crer que é considerado o principal objetivo da maior parte dos tratamentos reumatológicos. Objetivo: identificar na literatura os mecanismos de dor nociceptiva em indivíduos com Artrite Reumatóide. Métodos: Foram acessadas as bases de dados: Medline, Cochrane e SciELO no período de 10 a 30 de abril de 2011. Na triagem buscou-se os títulos e resumos dos estudos de acordo as palavras-chaves do estudo, onde foram avaliados os estudos a serem lidos na íntegra a partir dos critérios de inclusão e exclusão. Resultados: Foram coletados 103 títulos e resumos, onde 32 foram selecionados para a leitura na integra, porém 5 foram excluídos pela metodologia e 17 excluídos pelo conteúdo que não se aplica. Por tanto, foram selecionados para este estudo 10 artigos. Conclusão: Neste estudo pôde-se observar a relevância de algumas substâncias como TNF-alfa, IL-17, PKC e canal TRPV1 para a potencialização da dor na AR. Por isso evidencia-se a importância de um tratamento multidisciplinar, abordando os diversos aspectos da dor e evitando ou retardando as amplificações do SNC.

Palavras-chave: Artrite Reumatóide, desordens reumatológicas; dor nociceptivas

voltar
Anais da MCC., Salvador, v.1, n.3, setembro. 2012, ISSN

Av. Dom João VI, 274 - Brotas - CEP: 40285-001
Salvador/Ba Tel: 2101-1900 Fax: 3356-1936
http://www.bahiana.edu.br