ESTUDO MOLECULAR DO POLIMORFISMO DO PROMOTOR DO GENE DA LEPTINA (LEP G2548A) COMO MARCADOR GENÉTICO POTENCIALMENTE ASSOCIADO A DOENÇAS RELACIONADAS COM SOBREPESO

Autor(es): Gabriela Vilas Boas Gomez

A leptina é um hormônio protéico, sintetizado expressivamente pelos adipocitos e cuja função principal é informar ao hipotálamo o estado nutricional do organismo, regulação da massa de gordura e da termogênese através de mecanismos de feedback negativo. Os estudos com camundongos demonstram que a presença de polimorfismo no promotor do gene da leptina (LEP G2548A) está relacionada com a elevação do índice de massa corpórea e ganho de peso nos animais sendo, portanto um fator relevante no estudo da obesidade. A determinação da prevalência de mutações em determinados genes pode contribuir para o melhor entendimento dessas patologias e otimizar a condução do tratamento com novas abordagens terapêuticas. Esse estudo tem por objetivo investigar a frequência de polimorfismos em genes relatados como impactantes para algumas doenças metabólicas relacionadas com excesso de peso e obesidade numa população de pacientes atendidos no Ambulatório de Obesidade no Centro Médico de Brotas da EBMSP e, estudantes e familiares da Escola Municipal de Monte Gordo-Camaçari-BA. A metodologia consta da análise laboratorial das amostras com extração do DNA genômico, PCR, digestão por enzimas de restrição e definição por eletroforese para identificação de padrões diferenciais de banda em gel de agarose.

Palavras-chave: Leptina, Polimorfismo e obesidade

voltar
Anais da MCC., Salvador, v.1, n.3, setembro. 2012, ISSN

Av. Dom João VI, 274 - Brotas - CEP: 40285-001
Salvador/Ba Tel: 2101-1900 Fax: 3356-1936
http://www.bahiana.edu.br