CONTROLE FISIOLÓGICO DA LEPTINA: O HORMÔNIO DA OBESIDADE

Autor(es): Hannah Damasceno Barreto da Silva; Alana Almeida Rôxo; Diana Dias de França Silva; Mariana Ramos de Santana; Natália Mendes Neto dos Santos Pereira

Introdução: A obesidade é um problema importante na sociedade moderna e, devido à emergência do tema, uma atenção particular vem sendo dada aos mecanismos de desenvolvimento desta enfermidade e sua relação com o sistema nervoso central. Objetivo: Avaliar o papel da leptina no controle da obesidade, enfatizando a regulação deste hormônio pelos mais diversos agentes, o seu mecanismo de ação no sistema nervoso central e, por conseqüência, o eixo adipo-insular. Metodologia: No banco de dados do SciELO, IBECS e MEDLINE, o termo leptina foi combinado como os termos insulina, obesidade e diabetes mellitus, resultando em um total de seis combinações de dois termos utilizando a preposição E. Dos 36 artigos pesquisados, 4 foram selecionados como base para esta revisão. Resultados: A leptina mostrou-se como um importante mediador da comunicação entre o sistema nervoso central e os adipócitos, sendo responsável pelo controle do comportamento alimentar e gasto energético, realizando a homeostase do peso corporal e mantendo constante a quantidade de gordura. Além disso, a literatura relata que a maioria das pessoas obesas tem um aumento da expressão do gene ob, gene que codifica e a leptina, e consequentemente uma maior leptinemia. No entanto, o alto índice de leptina em boa parte dessas pessoas não é completamente funcional, uma vez que estas desenvolvem um mecanismo compensatório de resistência à leptina, diminuindo seus efeitos e atuando indiretamente na redução da sensação de saciedade, característica fisiopatológica importante na gênese da obesidade. Conclusão: A resistência à ação da leptina, em pacientes obesos, ainda impede a sua utilização como tratamento terapêutico desta enfermidade, portanto, mais pesquisas precisam ser realizadas a fim de elucidar os mecanismos dessa resistência.

Palavras-chave: leptina; insulina; obesidade; diabetes

voltar
Anais da MCC., Salvador, v.1, n.3, setembro. 2012, ISSN

Av. Dom João VI, 274 - Brotas - CEP: 40285-001
Salvador/Ba Tel: 2101-1900 Fax: 3356-1936
http://www.bahiana.edu.br