EFEITO DE SISTEMAS DE POLIMENTO NA RUGOSIDADE SUPERFICIAL DE CERÔMERO

Autor(es): Ellane da Silva; Íris Durães

As resinas indiretas vêm recebendo atenção científica especial, o que é demonstrado pelo seu desenvolvimento e evolução, sendo uma boa alternativa ao tratamento reabilitador protético. Após a cimentação das restaurações indiretas, há necessidade de realizar procedimentos de ajustes com brocas diamantadas. Desse modo, torna-se imprescindível a execução de acabamento e polimento das restaurações na tentativa de se obter uma superfície mais lisa possível, evitando superfícies rugosas indesejáveis capazes de promover desgaste dos dentes antagonistas, acúmulo de biofilme e irritação do tecido gengival. O objetivo deste estudo será avaliar o efeito de três sistemas de polimento na rugosidade superficial do cerômero CERAMAGE (Shofu, Japão). Serão confeccionados 48 corpos de prova divididos em 4 grupos: G1- controle positivo (matriz de poliéster), G2 - pontas abrasivas EDENTA, disco de feltro e pasta diamantada, G3- pontas siliconadas ENHANCE, disco de feltro e pasta diamantada e G4 - sistema SHOFU, disco de feltro e pasta diamantada. O parâmetro avaliado será a média aritmética da rugosidade superficial (Ra) determinada em rugosimetro SJ 301 (Mitutoyo, Japão). Os dados obtidos serão submetidos à análise estatística para comparação entre os grupos. Espera-se verificar o efeito dos diferentes métodos de acabamento e polimento na rugosidade superficial do cerômero, que permita sugerir e/ou indicar um método mais eficaz e consequentemente uma maior contribuição para o sucesso clínico da restauração.

Palavras-chave: Resina Indireta Cerômero, Rugosidade, Polimentos

voltar
Anais da MCC., Salvador, v.1, n.3, setembro. 2012, ISSN

Av. Dom João VI, 274 - Brotas - CEP: 40285-001
Salvador/Ba Tel: 2101-1900 Fax: 3356-1936
http://www.bahiana.edu.br