AVALIAÇÃO DO EFEITO ANTITUMORAL DE EXTRATOS E SUBSTÂNCIAS ISOLADAS DE PLANTAS DO CERRADO BAIANO

Autor(es): Constantino Rios Muiños Neto; Nubia Ferreira Rocha

O câncer, atualmente, se enquadra nas doenças de maior prevalência mundial, sendo a segunda causa de morte mundial. Contudo, mesmo diante da grande relevância, ainda não existe uma terapêutica eficiente. A alta incidência dos mais de 200 diferentes tipos de câncer vem tornando-se cada vez mais constantes na população global, ocasionado pelas mudanças de hábitos e costumes de vida que favorecem o aparecimento de neoplasias, juntamente com a predisposição genética. Buscando terapias alternativas, menos agressivas ao organismo e, com maior índice de seletividade o que consequentemente, culmina em menores efeitos colaterais e toxicidade, objetivamos com o presente projeto avaliar a ação antitumoral de produtos naturais isolados de plantas do cerrado Baiano. Visto que esse bioma possui uma alta e rica biodiversidade, com grande variedade de espécies vegetais, as quais foram pouco estudas quanto ao potencial biológico e, em especial a atividade antitumoral, proporcionando assim um vasto material acervo biológico de pesquisa à ser explorado. Para tanto, pretende-se testar extratos, frações e substâncias isoladas de diferentes partes de plantas endêmicas no cerrado Baiano sobre as linhagens de células tumorais HL-60 (leucemia promielocítica), J774 (sarcoma) e B16-F10 (melanoma) in vitro. Serão realizados testes colorimétricos para avaliar a taxa de proliferação celular e a citotoxicidade das substâncias que serão mensuradas pela técnica da redução do MTT (3-(4,5-dimetiltiazol-2yl)-2,5-difenil brometo de tetrazolina), além da investigação dos possíveis mecanismos de ação, elucidados pelo emprego da microscopia óptica e eletrônica de transmissão e varredura. Ainda pretende-se avaliar os possíveis mecanismos de morte celular, através da marcação com sondas especificas e, posterior, analise por citometria de fluxo. Assim, o presente projeto visa prospectar substâncias com promissora atividade antitumoral isoladas de plantas do cerrado Baiano.

Palavras-chave: câncer; bioprospecção; produtos naturais; cerrado; quimioterapia antitumoral.

voltar
Anais da MCC., Salvador, v.1, n.3, setembro. 2012, ISSN

Av. Dom João VI, 274 - Brotas - CEP: 40285-001
Salvador/Ba Tel: 2101-1900 Fax: 3356-1936
http://www.bahiana.edu.br