SÍNDROME DE BURNOUT EM FISIOTERAPEUTAS DE UM HOSPITAL ONCOLÓGICO DE REFERÊNCIA EM SALVADOR.

Autor(es): Alyne Quadros Teixeira

Introdução: A Síndrome de Burnout (SB) pode ser conceituada como: um estado de esgotamento físico e mental ligado à vida profissional. Atinge principalmente profissionais que atuam na área de saúde. As características individuais, associadas ao ambiente e ao trabalho, propiciam o aparecimento dos fatores multidimensionais da síndrome: Exaustão Emocional, Baixa Realização Profissional, Despersonalização. Objetivo: Verificar a relação da Síndrome de Burnout com tempo de atuação profissional, idade, estado civil e jornada de trabalho de fisioterapeutas de um Hospital Oncológico de Referência de Salvador. Métodos: Estudo descritivo, do tipo transversal e de modo censitário, tendo por objeto 28 profissionais de Fisioterapia. Os instrumentos de coleta utilizados foram: o Maslash Burnout Inventory e o questionário sócio-demográfico e profissional. Para análise descritiva, foram utilizados, como critérios: o intervalo interquartil, a freqüência absoluta, a freqüência relativa e a mediana. Para verificar a existência de associação entre a idade e o tempo de atuação profissional com a SB, foi utilizado o teste Mann-Whitney e para associação entre estado civil e jornada de trabalho com a SB usou-se o teste Exato de Fisher (p<0,05). Resultados: Participaram do estudo 27 Fisioterapeutas, tendo 01 apresentado a Síndrome de Burnout. Não houve associação da SB com os fatores associados. Os resultados obtidos não foram estatisticamente significantes. Conclusão: A maioria da amostra apresentou baixo indicativo para a SB, não havendo associação significativa entre os fatores associados.

Palavras-chave: Síndrome de Burnout; Fisioterapia; Oncologia.

voltar
Anais da MCC., Salvador, v.1, n.3, setembro. 2012, ISSN

Av. Dom João VI, 274 - Brotas - CEP: 40285-001
Salvador/Ba Tel: 2101-1900 Fax: 3356-1936
http://www.bahiana.edu.br