ALTERAÇÕES SALIVARES E HALITOSE EM PACIENTES DIABÉTICOS TIPO 2 COM PERIODONTITE CRÔNICA

Autor(es): Camila Barreto dos Santos Tolomei; Bianca Franco Públio Pereira Fernandes; Urbino da Rocha Tunes

A halitose é um sintoma constrangedor causando significativo impacto social. Prioritariamente se origina na cavidade oral, devido à presença de processos cariosos e suas sequelas, de placa subgengival, uso de próteses, tabagismo, pericoronarites, periodontopatias e língua saburrosa. Condições sistêmicas podem concorrer para a halitose, incluindo o diabetes mellitus. Considerando-se a relação existente entre halitose e doença periodontal, entre diabetes melittus e doença periodontal e que ambas podem causar alterações salivares e levar à halitose, o objetivo deste trabalho é avaliar parâmetros salivares em indivíduos diabéticos tipo 2 com periodontite crônica e verificar a relação entre halitose, diabetes e periodontite. Serão selecionados 60 participantes: 15 com diabetes mellitus e periodontite crônica, 15 com diabetes mellitus e sem periodontite crônica, 15 não diabéticos com periodontite crônica e 15 não diabéticos sem periodontite crônica. Diabetes mellitus tipo 2 será diagnosticado medindo-se a glicose no soro ou plasma após jejum de 8 à 12 horas, teste de tolerância à glicose (TTG) e glicemia casual. A avaliação periodontal será feita segundo Wennström et al, 2001. Estes pacientes serão avaliados em relação à presença da saburra lingual, halitometria utilizando monitor portátil Halímeter® e parâmetros salivares. Fluxo e capacidade tampão salivares serão avaliados segundo Krasse, 1988 e A. Thylstrup & O. Fejerskov, 1994. Alíquotas da saliva coletada serão utilizadas para dosagem de proteínas totais, cálcio, fosfato e uréia utilizando kits comerciais desenvolvidos com essa finalidade. O projeto foi submetido ao CEP-Bahiana (123/2011). Espera-se encontrar diferentes níveis de halitose entre os pacientes diabéticos tipo 2 com e sem periodontite crônica em relação aos indivíduos não diabéticos com e sem periodontite crônica e alterações salivares nos pacientes diabéticos tipo 2 com e sem periodontite crônica em relação aos indivíduos não diabéticos com e sem periodontite crônica.

Palavras-chave: saliva; halitose; periodontite; diabetes mellitus.

voltar
Anais da MCC., Salvador, v.1, n.3, setembro. 2012, ISSN

Av. Dom João VI, 274 - Brotas - CEP: 40285-001
Salvador/Ba Tel: 2101-1900 Fax: 3356-1936
http://www.bahiana.edu.br