AVALIAÇÃO DA RESISTÊNCIA DE UNIÃO ENTRE CERÔMEROS E UMA RESINA COMPOSTA

Autor(es): Petronilha Costa Paim; Taíse Maia de Oliveira

O objetivo deste estudo é avaliar e comparar a resistência de união entre a resina composta (Z-350/3M) e dois tipos de cerômero (Sinfony, 3M e Ceramage, SHOFU). Com o auxílio de uma matriz de aço inoxidável, foram confeccionados 04 blocos (6X6X12mm) de cerômero Sinfony correspondente ao Grupo 1 (G1) e 04 blocos de Ceramage para o Grupo 2 (G2), seguindo as recomendações do fabricante. Os blocos foram divididos ao meio no seu maior comprimento. Na superfície cortada foi realizado o condicionamento com ácido fosfórico à 37%, seguida da aplicação do sistema adesivo (Adper Scotchbond Multiuso/3M), e o reparo, devolvendo as dimensões iniciais de cada bloco com a resina composta (Z-350/3M). Após armazenamento em água destilada (37ºC/72hs) os corpos de prova foram fixados em uma máquina de corte e foram obtidos 75 palitos de aproximadamente 1x1x12 mm por grupo para realizar o teste de microtração na máquina de ensaio universal (EMIC DL 2000, velocidade: 0,5mm/min). Os resultados mostraram que o Grupo 1 obteve uma resistência de união, medidas em MPa, significativamente maior comparado ao Grupo2.

Palavras-chave: cerômero, resistência de união, resina composta.

voltar
Anais da MCC., Salvador, v.1, n.3, setembro. 2012, ISSN

Av. Dom João VI, 274 - Brotas - CEP: 40285-001
Salvador/Ba Tel: 2101-1900 Fax: 3356-1936
http://www.bahiana.edu.br