AVALIAÇÃO DO ELETROCARDIOGRAMA DE OBESOS INDICADOS PARA TRATAMENTO CIRÚRGICO DA OBESIDADE

Autor(es): Lorena Menezes Caldas; Matheus Souza de Oliveira; Ceila Beatriz Oliveira Menezes; Tainã Rocha Barreto; Maíra Gonçalves Correia Silva; Alice Oliveira Santos

INTRODUÇÃO: A obesidade é um fator de risco importante para as doenças cardiovasculares. Ela pode provocar alterações cardíacas estruturais, as quais estão associadas ao desenvolvimento de doenças, e está relacionada a uma grande variedade de alterações eletrocardiográficas. É de extrema relevância saber identificar o perfil eletrocardiográfico de obesos, podendo, assim, contribuir na discriminação dos normais e patológicos, selecionando os que necessitem ampliar o espectro de procedimentos diagnósticos. OBJETIVOS: Descrever o perfil do eletrocardiograma de obesos submetidos a tratamento cirúrgico da obesidade em um centro de referência de Salvador-Bahia; comparar o eletrocardiograma entre os obesos antes e após o tratamento cirúrgico da obesidade; verificar a associação entre as alterações eletrocardiográficas mais freqüentes como a idade, sexo, IMC, circunferência abdominal e duração da obesidade. MÉTODOS: Estudo observacional, retrospectivo e analítico. A amostra será constituída de todos os pacientes obesos submetidos à cirurgia bariátrica, no período de março de 2010 a março de 2011, atendidos em uma instituição de referência em Salvador-BA. Serão consideradas as informações do eletrocardiograma antes da cirurgia e após a cirurgia (nove a doze meses). Os dados serão coletados dos prontuários, incluídos na ficha protocolo e transferidos para base de dados eletrônica. Estatística descritiva será utilizada para a análise dos dados. As variáveis numéricas serão comparadas com o teste t de Student ou de Mann-Whitney, e o teste Qui Quadrado para comparação entre proporções. O Software SPSS (v. 17.0) será utilizado para banco de dados e análises. A pesquisa será conduzida em obediência à Resolução 196\96 CNS\MS e submetida ao CEP-EBMSP. RESULTADOS ESPERADOS: Espera-se encontrar elevada prevalência de alterações do eletrocardiograma, estas sendo mais frequentes antes do que após a cirurgia bariátrica. Os padrões eletrocardiográficos encontrados devem estar associados ao IMC, tempo de obesidade, idade, sexo e comorbidades. A cirurgia bariátrica deve determinar modificações favoráveis no eletrocardiograma dos obesos.

Palavras-chave: eletrocardiograma; obesidade; cirurgia bariátrica; tratamento cirúrgico.

voltar
Anais da MCC., Salvador, v.1, n.3, setembro. 2012, ISSN

Av. Dom João VI, 274 - Brotas - CEP: 40285-001
Salvador/Ba Tel: 2101-1900 Fax: 3356-1936
http://www.bahiana.edu.br