EFEITO BIOMODULADOR DO LASER DE 670 NM SOBRE O PROCESSO INFLAMATÓRIO CRÔNICO E MATRIZ COLAGÊNICA EM POLPA DENTAL DE RATOS

Autor(es): Thaise Meira; Hiroshi Laranjeira Abe; Elisabeth Martinez Fonseca

Em virtude da escassez de estudos na literatura que contemplem a ação da laserterapia sobre o tecido pulpar, avaliou-se a resposta da polpa de ratos após capeamento direto com hidróxido de cálcio e irradiação com laser de 670 nm em relação à reação inflamatória crônica e matriz colagênica. Vinte ratos foram divididos em dois grupos, controle e tratado com laser, mortos em 5 e 10 dias após a injúria pulpar. Após exposição traumática do primeiro molar superior direito, foi realizada a aplicação do laser (670 nm, 9 mW, 2 J/cm2, 62), seguida do hidróxido de cálcio e selamento das cavidades com ionômero de vidro. Nos dias de morte, foram removidas as unidades dentárias lesionadas e as secções teciduais desmineralizadas foram submetidas às colorações com hematoxilina-eosina e Sírius vermelho. Foi realizada análise semiquantitativa das células polimorfo e monomorfonucleares, além de análise quantitativa morfométrica da área do colágeno e número de vasos. Observou-se que houve uma redução estatisticamente significante no número de células polimorfo e monomorfonucleares no período de 10 dias nos grupos submetidos à laserterapia (p<0,05). Não foram encontradas interações significativas em relação ao conteúdo de colágeno e o número de vasos presentes no tecido pulpar nos diferentes grupos experimentais nos períodos estudados. A irradiância da ordem de 2 J/cm2 foi capaz de atenuar o processo inflamatório crônico. No entanto, levando-se em consideração os períodos estudados, não foram observadas alterações dignas de nota na matriz colagênica e na densidade vascular.

Palavras-chave: : Laser; Colágeno, Polpa dentária

voltar
Anais da MCC., Salvador, v.1, n.3, setembro. 2012, ISSN

Av. Dom João VI, 274 - Brotas - CEP: 40285-001
Salvador/Ba Tel: 2101-1900 Fax: 3356-1936
http://www.bahiana.edu.br