REGENERAÇÃO TECIDUAL GUIADA COM ENXERTO AUTÓGENO OU XENÓGENO EM LESÕES DE FURCA: RELATO DE CASO CLÍNICO

Autor(es): Poliana Lima Neves Sá; Érica Del Peloso Ribeiro; Margareth Aragão Macedo; Renata Araújo Barbosa; Sandro Bittencourt

A regeneração periodontal em lesões de furca classe II representa um desafio ao sucesso do tratamento pela complexa anatomia e dificuldade de acesso. Diante disso, o objetivo deste relato de caso clínico é apresentar e discutir os efeitos clínicos da utilização do enxerto autógeno ou xenógeno na regeneração tecidual guiada (RTG) de lesões de furca classe II, em face livre. Dois pacientes, uma mulher de 31 anos e um homem de 39 anos, com diagnóstico de periodontite crônica generalizada severa, foram submetidos ao tratamento periodontal não cirúrgico e posteriormente ao procedimento cirúgico de RTG na bifurcação. Um paciente recebeu enxerto xenógeno e o outro enxerto autógeno, ambos associados à colocação de membrana de colágeno. Os pacientes foram acompanhados por 6 meses. No pós-operatório imediato nenhum efeito adverso foi observado. Após 6 meses, foi possível observar melhora dos parâmetros clínicos e radiograficamente aumento da radiopacidade no interior da região de furca. Diante disso, podê-se concluir que a RTG, com enxerto autógeno ou xenógeno, foi capaz de melhorar os parâmetros clínicos e radiográficos de lesões de furca classe II, em face livre.

Palavras-chave: transplante ósseo, defeito de furca, regeneração tecidual guiada

voltar
Anais da MCC., Salvador, v.1, n.3, setembro. 2012, ISSN

Av. Dom João VI, 274 - Brotas - CEP: 40285-001
Salvador/Ba Tel: 2101-1900 Fax: 3356-1936
http://www.bahiana.edu.br