Análise do Comprimento Ureteral em Cadáveres Adultos.

Autor(es): Paula Carolina Salles Leite, Rafaela Andrade Almeida, Hugo Fabiano Fernandes de Novaes, Ney Cristian Amaral Boa Sorte, Ubirajara de Oliveira Barroso Júnior, Ubirajara de Oliveira Barroso Júnior

Introdução: Em algumas situações, correlações entre diferentes estruturas do corpo humano poderiam auxiliar no planejamento de cirurgias intra-abdominais. O conhecimento do comprimento do ureter permitiria um planejamento cirúrgico pré-operatório, reduzindo gastos com exames; auxiliaria também na escolha do cateter duplo-J, reduzindo sintomatologia e morbidade, aumentando a aderência ao tratamento. Objetivo: Avaliar o comprimento ureteral em cadáveres adultos e analisar suas correlações com determinadas medidas antropométricas. Metodologia: Realizamos mensuração do comprimento ureteral de cadáveres adultos, encaminhados para necropsia entre abril de 2009 e janeiro de 2012. Adicionalmente, coletamos as seguintes medidas: altura, distância ombro-punho, cotovelo-punho, xifo-umbilical, distância umbigo-púbis, distância xifo-púbica e distância entre espinhas ilíacas. Analisamos as correlações entre o comprimento ureteral e as demais medidas antropométricas. Resultados/Resultados esperados: Foram dissecados os ureteres de 115 cadáveres adultos no período entre abril/2009 e janeiro/2012. O comprimento ureteral médio não variou o gênero, nem com a estatura. Não foi encontrada correlação entre o comprimento ureteral e as medidas antropométricas pesquisadas na população geral analisada, bem como nos subgrupos analisados. Não se evidenciou diferenças significantes entre as medidas dos ureteres direito e esquerdo.

Palavras-chave: 1. Ureter; 2. Comprimento; 3. Antropométrico; 4. Cadáver

voltar
Anais da MCC., Salvador, v.1, n.3, setembro. 2012, ISSN

Av. Dom João VI, 274 - Brotas - CEP: 40285-001
Salvador/Ba Tel: 2101-1900 Fax: 3356-1936
http://www.bahiana.edu.br