Tolerância ao Esforço em Pacientes Portadores de Hipertensão da Artéria Pulmonar

Autor(es): Isabela Barboza Gomes, Fernanda Warken Rosa Camelier

Introdução: Pacientes com HAP apresentam frequentemente redução da tolerância ao esforço associada à dispnéia, fadiga e sobrevida reduzida. Para mensuração da tolerância ao esforço tem sido utilizado o teste de caminhada dos seis minutos, considerado simples e de baixo custo. Contudo, existem poucos dados na literatura que descrevam a tolerância ao esforço utilizando a distância percorrida neste teste em pacientes com HAP no Brasil. Objetivo: Avaliar a tolerância ao esforço em pacientes com HAP, utilizando o teste de caminhada e comparar com valores de normalidade obtidos através de equações de referência do Brasil. Metodologia: Estudo descritivo de corte transversal realizado entre abril de 2011 e fevereiro de 2012, em um ambulatório de um hospital universitário de Salvador, Bahia. Critérios de inclusão: pacientes com HAP independente da etiologia, com diagnóstico através de pressão média da artéria pulmonar acima de 25mmHg em repouso no CATE ou pressão sistólica de artéria pulmonar acima de 36mmHg em ecocardiografia de repouso. Sendo o critério de exclusão a incompletitude dos dados em prontuários institucionais. Dados sócio demográficos, clínicos e funcionais foram obtidos através de uma planilha elaborada pelos autores, e a distância percorrida no TC6M foi comparada a duas equações de referência para normalidade. Resultados/Resultados esperados: A amostra foi composta por 124 pacientes sendo 69,4% do sexo feminino, com idade média de 51,4 (±16,7) anos e 55 (44,4%) pacientes com classe funcional NYHA II, sendo a pressão média da artéria pulmonar equivalente a 58,9 (19,5) mmHg. A distância média percorrida pela amostra foi 372,4 (±106,6) metros, e quando comparada a equações de referência apresentaram 60,0% do valor previsto para normalidade.

Palavras-chave: hipertensão pulmonar. tolerância ao exercício. valores de referência. caminhada.

voltar
Anais da MCC., Salvador, v.1, n.3, setembro. 2012, ISSN

Av. Dom João VI, 274 - Brotas - CEP: 40285-001
Salvador/Ba Tel: 2101-1900 Fax: 3356-1936
http://www.bahiana.edu.br