Enteroparasitas em Comunidades Extrativistas do Município de Cairu-ba

Autor(es): Gabriel Muricy Cunha, Adriana Espinoza Ferreira Damasceno, Marizete Joaquina da Silva, Tássia de Azevedo Guerra, Paulo Sérgio de Morais da Silveira Mattos, Artur Gomes Dias Lima

Introdução: As parasitoses intestinais representam um problema de saúde pública, apresentando-se com alta prevalência no Brasil. As comunidades extrativistas de Cairu-BA tem como destaque possuir esse perfil ao apresentar precários índices socioeconômicos, educacional, ambiental, afetando em especial as crianças, população em grande número, que está mais susceptível e exposta, em consequência da falta de hábitos de higiene, interferindo em sua saúde, bem estar físico, psicológico e social. Objetivo: Este estudo tem como objetivo avaliar a prevalência de enteroparasitoses entre crianças de até 14 anos em três comunidades extrativistas do Município de Cairu-BA Metodologia: Será realizada coleta de material fecal em uma amostragem contendo 500 crianças, a fim de identificar a presença de parasitas intestinais, através dos métodos de sedimentação espontânea e Faust. Resultados/Resultados esperados: Estima-se com este trabalho contribuir para a melhoria da qualidade de vida da população estudada, através da redução da frequência de parasitoses intestinais, com novas condutas higiênicas, educacionais e o tratamento aos casos positivos, a fim de se manter um controle dos índices de enteroparasitas.

Palavras-chave: Enteroparasitoses. Saneamento. Controle

voltar
Anais da MCC., Salvador, v.1, n.3, setembro. 2012, ISSN

Av. Dom João VI, 274 - Brotas - CEP: 40285-001
Salvador/Ba Tel: 2101-1900 Fax: 3356-1936
http://www.bahiana.edu.br