Impacto da Capacidade Funcional de Pacientes com Síndrome Coronariana Aguda Submetidos à Rcv1

Autor(es): Paula Luzia Seixas Pereira de Oliveira, Cristiane Maria Carvalho Costa Dias e Luciana Bilitário Macedo

Introdução: A capacidade funcional cardiovascular dos pacientes com síndrome coronariana aguda está comprovadamente diminuída com a prescrição de repouso no leito dos pacientes pós- evento, internados na unidade de terapia intensiva (UTI). A reabilitação cardiovascular ( RCV 1) na UTI, nas últimas décadas tem sido realizada com a mobilização precoce e assim surge a necessidade de estratificação da capacidade funcional com verificação das variáveis cardiocirculatórias influentes na RCV1 na fase hospitalar. Objetivo: Verificar a influência das variáveis cardiocirculatórias na capacidade funcional dos pacientes com Síndrome Coronariana Aguda submetidos a Reabilitação Cardiovascular 1. Metodologia: Este estudo trata- se de um estudo descritivo e analítico, de corte transversal, intervencionista, realizado com pacientes portadores de SCA internados na UTIC de um hospital de caráter privado na cidade de Salvador. Como critério de inclusão teve-se pacientes portadores de SCA com liberação médica para deambular, que não tenham sido submetidos a tratamento cirúrgico agudo, com idade superior a dezoito anos e orientados no tempo e no espaço e como critério de exclusão os pacientes com problemas ortopédicos, sequelas neurológicas, em uso de órtese em membros inferiores. A coleta dos dados está sendo realizada pelo pesquisador responsável e por uma equipe previamente treinada da UTIC do hospital, onde está sendo realizada a pesquisa. Aspectos éticos: o trabalho foi aprovado pelo CEP -EBMSP, número e protocolo 170 /2011 e todos os participantes serão convidados a participar e assinar o TCLE segundo a resolução 196/96. Resultados/Resultados esperados: A população dos pacientes com Síndrome Coronariana Aguda ( IAM e Angina Instável) serão submetidos a um programa de Reabilitação Cardiovascular Fase Hospitalar com segurança e eficiência, prevenindo as complicações frequentes pós evento coronariano e consequentemente assegurando a capacidade funcional e qualidade de vida no momento da alta hospitalar.

Palavras-chave: Reabilitação Cardiovascular 1

voltar
Anais da MCC., Salvador, v.1, n.3, setembro. 2012, ISSN

Av. Dom João VI, 274 - Brotas - CEP: 40285-001
Salvador/Ba Tel: 2101-1900 Fax: 3356-1936
http://www.bahiana.edu.br