Prospecção de Polifenóis Extraídos da Schinus Terebinthifolius Quanto à Ação Antitumoral

Autor(es): Alene Vanessa Azevedo dos Santos, Luiz Erlon Araújo Rodrigues , Diego Silva Menezes, Elisiane Tosta Paixão, Diego Silva Menezes

Introdução: O câncer é um grave problema de saúde pública mundial. Atualmente, as formas principais de tratamento da doença são cirurgia, radioterapia e quimioterapia. A quimioterapia consiste no uso de agentes químicos com atividade antitumoral, sendo a maioria de origem natural ou derivado deste. A Schinus terebinthifolius Raddi (aroeira) é uma planta endêmica no Brasil. Sua casca, folhas e frutos são usados na medicina popular por suas ações anti-inflamatória, antioxidante, antimicrobiana e cicatrizante. Objetivo: Dessa forma, este trabalho objetiva avaliar os extratos da S. terebinthifolius Raddi quanto à ação antitumoral por meio de testes in vitro com as linhagens B16-F10 (melanoma) e J774 (sarcoma). Metodologia: Avaliando-se a taxa de inibição, por contagem em câmara de Neubauer, além de técnicas bioquímicas e moléculares objetivando identificar os possíveis mecanismos de ação. Utilizaremos a microscopia eletrônica para obter informações relacionadas às possíveis alterações estruturais. Resultados/Resultados esperados: Com isso, espera-se identificar substâncias extraídas da S. terebinthifolius Raddi com atividade antitumoral, e, assim, possibilitar o desenvolvimento de fármacos mais efetivos e com menores efeitos colaterais.

Palavras-chave: Schinus terebinthifolius RADDI. Quimioterapia. Câncer. Bioprospecção.

voltar
Anais da MCC., Salvador, v.1, n.3, setembro. 2012, ISSN

Av. Dom João VI, 274 - Brotas - CEP: 40285-001
Salvador/Ba Tel: 2101-1900 Fax: 3356-1936
http://www.bahiana.edu.br