Polirradiculoneuropatia Crônica Inflamatória Desmielinizante em Indivíduo Infectado HTLV-1

Autor(es): Daniel Rocha Paranhos, Ingrid Caroline Freitas Barboza, Davi Tanajura Costa, André Luiz Muniz Alves dos Santos, Priscila Sales Leal da Silva, Edgar Marcelino de Carvalho Filho

Introdução: Aproximadamente 20 milhões de pessoas em todo o mundo estão infectadas com o HTLV-1. A mielopatia associada ao HTLV-1/ paraparesia espástica tropical (HAM/TSP) é a principal manifestação neurológica desse vírus, porém é crescente a parcela de indivíduos que são descritos com outras síndromes neurológicas associada ao vírus, dentre elas polinuropatias. É rara na literatura a descrição de pacientes com associação entre CIDP e HTLV-1. Objetivo: Relatar caso de paciente com CIDP tendo como possível causa desencadeante vírus HTLV-1. Metodologia: Relato de caso obtido a partir de exame clínico e análise de prontuário de um paciente acompanhado no Ambulatório Prof. Magalhães Neto/ Hospital Universitário Professor Edgard Santos (HUPES) da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Resultados/Resultados esperados: Foi instituído o tratamento com gamaglobulina em curso de pulsoterapia na dose de 400mg/kg/dia durante período de 5 dias,seguido de corticoterapia com prednisona na dose de 20mg/dia por 1 mês, com redução para 5 mg, sendo esta a dose utilizada até o presente momento.O paciente apresentou excelente recuperação do quadro neurológico periférico, com retorno a atividades habituais,mantendo apenas discreta fraqueza proximal em membros inferiores grau 4+/5.O quadro permaneceu estável por mais de 1 ano

Palavras-chave: Polirradiculopatia. HTLV-1

voltar
Anais da MCC., Salvador, v.1, n.3, setembro. 2012, ISSN

Av. Dom João VI, 274 - Brotas - CEP: 40285-001
Salvador/Ba Tel: 2101-1900 Fax: 3356-1936
http://www.bahiana.edu.br