Avaliação do Potencial Antitumoral de Extratos Isolados da Deguelia Constata

Autor(es): Raisa Cintra Lomanto Santos Silva, Alene Vanessa Azevedo dos Santos, Lourdes Cardoso de Souza Neta, Diego Silva Menezes

Introdução: O câncer é hoje a segunda causa mundial de morte. Muitos quimioterápicos disponíveis são de origem natural, e com a bioprospecção almeja-se descobrir medicamentos mais específicos, melhor tolerados pelos pacientes e com menor incidência de casos refratários. A Deguelia constata, vulgar timbó, pertence à família das Leguminosas e é abundante no bioma Mata Atlântica. Pesquisas com a D. utilis, mostraram atividades anti-tumorais promissoras, assim como outras espécies da sua família (Fabaceae). Objetivo: Sendo assim, o presente trabalho objetiva avaliar o potencial anti-tumoral de extratos da espécie Deguelia constata sobre linhagens celulares HL-60 (Promielocítica), HEPG2 e B16-F10 (Melanoma). Metodologia: Para tanto, as células serão cultivadas em garrafas plásticas utilizando meio RPMI® suplementado com soro bovino fetal e mantidas em estufa a de 5% de CO2. Posteriormente, a susceptibilidade será avaliada através da mensuração da taxa de inibição, de técnicas de microscopias eletrônicas de transmissão e varredura, citometria de fluxo e técnicas bioquímicas, almejando identificar os possíveis alvos celulares de ação desses extratos, bem como caracterizar o tipo de morte celular. Resultados/Resultados esperados: Com esse trabalho esperamos identificar o potencial antitumoral dos extratos de Deguelia constata in vitro e, adicionalmente, isolar as substâncias com atividades promissoras para realização dos testes in vivo, em modelos experimentais.

Palavras-chave: Deguelia constata. Bioprospecção. Quimioterapia. Câncer.

voltar
Anais da MCC., Salvador, v.1, n.3, setembro. 2012, ISSN

Av. Dom João VI, 274 - Brotas - CEP: 40285-001
Salvador/Ba Tel: 2101-1900 Fax: 3356-1936
http://www.bahiana.edu.br