Técnicas de Recobrimento Radicular com e Sem Incisão Relaxante - Estudo Clínico

Autor(es): Lyla Prates, Renata Barbosa, Lais Gomes, Fabiana Duarte Cosme, Sandro Bittencourt Sousa e Erica Del Peloso Ribeiro

Introdução: A técnica de enxerto de tecido conjuntivo subepitelial tem se mostrado com alta previsibilidade. Entretanto, tem sido documentado que as incisões verticais oblíquas (relaxantes) estão associadas a maior morbidade pós-operatória e menor satisfação estética por parte dos pacientes. Adicionalmente, estudos recentes apontam que a microcirurgia periodontal vem apresentando resultados satisfatórios quanto a esses aspectos. Objetivo: Comparar a técnica de enxerto conjuntivo que utiliza incisões relaxantes com a técnica de microcirurgia para tratamento de recessões gengivais classe I ou II de Miller. Metodologia: Serão selecionados 15 pacientes, em cada grupo, com recessões gengivais > 2 mm, localizadas em caninos ou pré-molares superiores. Os parâmetros clínicos a serem avaliados incluem a largura e altura da recessão gengival, altura e espessura da mucosa queratinizada, profundidade de sondagem e nível de inserção clínica. Ao final do estudo, os pacientes avaliarão a morbidade pós-operatória, satisfação estética e hipersensibilidade dentinária. Resultados/Resultados esperados: Espera-se que os pacientes operados com a técnica sem incisão relaxante apresentem menores resultados para os parâmetros avaliados.

Palavras-chave: retração gengival.retalhos cirúrgicos.microcirurgia

voltar
Anais da MCC., Salvador, v.1, n.3, setembro. 2012, ISSN

Av. Dom João VI, 274 - Brotas - CEP: 40285-001
Salvador/Ba Tel: 2101-1900 Fax: 3356-1936
http://www.bahiana.edu.br