A Doença do Refluxo Gastroesofágico e Implicações Orais

Autor(es): Ivan Santana do Valle, Milene de Freitas Lima Salomao

Introdução: A doença do refluxo gastroesofágico (DRGE) é uma patologia crônica, sistêmica e de origem multifatorial. Decorrente de falha anatômica ou funcional dos mecanismos de contenção do conteúdo gástrico, acarreta uma diversidade de sinais e sintomas esofágicos e/ ou extraesofágicos que podem vir associados ou não a lesões teciduais, podendo haver manifestações orais. Essa doença compromete a qualidade de vida dos pacientes e acomete a população de maneira geral. Objetivo: Informar aos profissionais de saúde sobre as implicações na cavidade oral provocadas pelo DRGE favorecendo pronto diagnóstico e, posteriormente, terapêutica adequada. Metodologia: Trata-se de uma revisão de literatura sobre a DRGE que apresenta sintomas e lesões que afetam a vida do indivíduo. Resultados/Resultados esperados: Como sintomas da DRGE há: sialorréia associada à pirose, regurgitação ácida, dor retroesternal, náusea, disfonia, inflamação posterior da laringe e das pregas vocais, tosse crônica, pigarro, dentre outros. A DRGE apresenta manifestações orais, pois o refluxo gastrico ao atingir a cavidade oral pode causar lesões nos tecidos moles ou nos dentes. Essa patologia é multifatorial e crônica, necessita de tratamento que vise a eliminação de sintomas e correção de fatores desencadeadores.

Palavras-chave: Doença do refluxo gastroesofágico. Cirurgião-dentista. Manifestações orais.

voltar
Anais da MCC., Salvador, v.1, n.3, setembro. 2012, ISSN

Av. Dom João VI, 274 - Brotas - CEP: 40285-001
Salvador/Ba Tel: 2101-1900 Fax: 3356-1936
http://www.bahiana.edu.br