Técnicas para Correção de Fissuras Lábio-palatinas

Autor(es): Luiz Marcelo de Magalhães Alves, Ryuichi Hoshi, Jamile de Oliveira Sá, Silvia Regina de Almeida Reis

Introdução: As fissuras lábio-palatinas são anomalias congênitas mais comuns que afetam a região orofacial. A etiopatogenia destes defeitos permanece incerta e sua incidência varia de 1 caso a cada 550 a 1.200 nascidos vivos. São deformidades que envolvem tratamento multidisciplinar devendo ser realizado o mais precoce possível. Objetivo: O objetivo deste trabalho é relatar duas técnicas cirúrgicas para correção das fissuras lábio- palatinas. Metodologia: Uma criança apresentou fissura completa de lábio superior no momento do exame. A outra criança mostrou fissura palatina incompleta. Ambas foram operadas no Hospital Geral Roberto Santos, Salvador-Ba. Resultados/Resultados esperados: Realizou-se queiloplastia primária na criança portadora de fissura labial completa e palatoplastia na criança com fissura palatina. O tratamento corrigiu a aparência e a fonação da paciente com fissura palatina e reestabeleceu a função labial da paciente com fenda labial. Além do tratamento cirúrgico as crianças foram submetidas a tratamento fonoaudiólogo e psicológico, o que favoreceu a uma maior integração social e melhoria do aspecto psicológico das pacientes.

Palavras-chave: Fissura labial. Fissura palatina. Tratamento.

voltar
Anais da MCC., Salvador, v.1, n.3, setembro. 2012, ISSN

Av. Dom João VI, 274 - Brotas - CEP: 40285-001
Salvador/Ba Tel: 2101-1900 Fax: 3356-1936
http://www.bahiana.edu.br