Avaliação das Propriedades Mecânicas de Uma Resina Bis-acrílica e Duas Resinas Acrílicas

Autor(es): Larissa Couto de Carvalho, Luiz Gustavo Cavalcanti Bastos

Introdução: A reabilitação protética de um paciente requer restaurações temporárias. Deste modo, as coroas provisórias possibilitam que o profissional e o paciente determinem a estética, fonética e oclusão, assim como reduzem a mobilidade dentária, protegem a polpa e mantêm a posição do dente preparado. Além disso, a fase provisória torna-se ainda mais importante para ajudar a visualizar o resultado antes da conclusão final do trabalho protético¹. Objetivo: Testar as propriedades mecânicas de diferentes tipos de resina acrílica utilizadas para confecção de próteses provisórias. Metodologia: A confecção e os ensaios mecânicos dos espécimes serão realizados seguindo, principalmente, os parâmetros determinados pela International Organization for Standardization (ISO), norma número 10477:1992/Amd. 1:1998. Os espécimes serão preparados utilizando uma resina de PMMA Dencor (Artigos Odontológicos Clássico LTDA, São Paulo - SP), cor nº 66, uma resina de polimerização rápida de PMMA Dencrilay, cor 66 e uma resina bis-acrílica Protemp (3M-ESPE). Estas resinas são indicadas, segundo os fabricantes, para a execução de restaurações, coroas ou facetas, e empregada rotineiramente na confecção direta de próteses provisórias. O presente estudo será constituído por três grupos de dez espécimes cada um. Dois grupos à base de resina acrílica PMMA, e um grupo de resina Bis-acrílica. Resultados/Resultados esperados: Espera-se que as propriedades físico-mecânicas estudadas apresentem-se diferentes entre os três tipos de resinas estudadas, em virtude de suas próprias diferenças na composição e técnica de manipulação

Palavras-chave: Polimetilmetacrilato. Materiais dentários. Resistência de materiais

voltar
Anais da MCC., Salvador, v.1, n.3, setembro. 2012, ISSN

Av. Dom João VI, 274 - Brotas - CEP: 40285-001
Salvador/Ba Tel: 2101-1900 Fax: 3356-1936
http://www.bahiana.edu.br