Fatores Associados à Colonização Nasal por Staphylococcus Aureus Resistentes à Meticilina

Autor(es): Cássia Caroline da Hora Soares, Suzana Ramos Ferrer e Hygia Maria Nunes Guerreiro

Introdução: Este projeto tem como finalidade avaliar os fatores de risco associados à colonização nasal por Staphylococcus aureus resistentes a meticilina (MRSA) em indivíduos saudáveis. MRSA tem sido identificado como uma das principais causas de infecções na comunidade na última década, porém os fatores que contribuem para a propagação de cepas resistentes na população ainda não estão bem estabelecidos. Neste estudo serão analisados dados epidemiológicos e laboratoriais provenientes de de estudantes. Objetivo: Verificar associações entre fatores sócio-econômicos, condições ambientais e de saúde de adultos jovens e colonização nasal por S. aureus resistentes a meticilina;isolar cepas de Staphylococcus aureus Metodologia: Participarão deste estudo 30 indivíduos saudáveis, sendo adultos jovens,estudantes do curso de biomedicina da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública. Foram aplicados questionários pré- codificado no qual estão presentes questões sobre fatores sócio-econômicos, condições ambientais e de saude.As amostras foram coletadas com swab estéril (umedecido em salina estéril) a partir da superfície interna das duas narinas. O material colhido foi imediatamente encaminhado para análise no laboratório da Instituição.As amostras foram inoculadas em meio Agar manitol salgado e incubados a 37oC, por 24-48h.Após este período, as amostras serão analisadas quanto às características coloniais, e os testes de catalase e coloração de Gram serão realizados.Os microrganismos isolados passarão por testes. Resultados/Resultados esperados: Esperamos estimar a prevalência de colonização nasal por Staphylococcus aureus em indivíduos saudáveis provenientes da comunidade. Alguns estudos têm apontado um aumento na prevalência de cepas resistentes aos antimicrobianos de S.aureus adquiridas na comunidade. Pouco é conhecido a respeito de fatores que podem influenciar a colonização e transmissão de cepas de MRSA em indivíduos saudáveis. Espera-se com este estudo conhecer a magnitude do problema de colonização de CA-MRSA.

Palavras-chave: Staphylococcus aureus; resistencia; fatores associados; colonização

voltar
Anais da MCC., Salvador, v.1, n.3, setembro. 2012, ISSN

Av. Dom João VI, 274 - Brotas - CEP: 40285-001
Salvador/Ba Tel: 2101-1900 Fax: 3356-1936
http://www.bahiana.edu.br