Cuidado Humano:uma Pespectiva Paradigmática das Teorias de Parse,paterson e Zderad.

Autor(es): Amanda Ribeiro Nunes, Isabelle Souza Hage de Santana, Sandra Dultra Cabral Portela

Introdução: A visão do cuidar, na contemporaneidade, tem seguido um percurso mecanicista na assistência em saúde, entendendo o homem apenas biologicamente. A essência do homem encontra-se perdida e o cuidado tem sido transmitido de forma técnica, concedendo espaço para pensamentos reducionistas e fragmentados na saúde. Na história da enfermagem, a ciência humana tem se expandido, proporcionando uma base teórica com a finalidade de incentivar e atender a necessidade de transformação da prática profissional. Verificou-se que as teorias de enfermagem trazem um conhecimento capaz de gerar uma percepção mais sensível no profissional, e estimular uma assistência qualificada e consciente. Objetivo: O objetivo principal do presente trabalho foi identificar nas produções científicas as perspectivas paradigmáticas do cuidado humano a partir do estudo das teorias de Parse, Paterson e Zderad. Metodologia: A metodologia utilizada foi a revisão integrativa de literatura, de caráter descritivo-exploratório e seletivo do material de pesquisa. Resultados/Resultados esperados: O estudo proporcionou reviver o cuidado humano com outros olhos,voltada para pressupostos paradoxais que se complementam simultaneamente durante o processo do cuidado humano através do Paradigma da Simultaneidade propostos pela pelas teóricas.Portanto,tentou-se através desse estudo, uma nova proposta para aqueles que buscam cuidar na sua inteireza, pois a nobreza está justamente na possibilidade de transformar algo para melhor, reconhecendo em si limites que busca superá-los.

Palavras-chave: PALAVRAS - CHAVE: Humanização da assistência. Modelo biomédico. Teoria da enfermagem.

voltar
Anais da MCC., Salvador, v.1, n.3, setembro. 2012, ISSN

Av. Dom João VI, 274 - Brotas - CEP: 40285-001
Salvador/Ba Tel: 2101-1900 Fax: 3356-1936
http://www.bahiana.edu.br