Galeria de Fotos

Lançamento do novo portal Bahiana Journals
Às vésperas das celebrações de seus 65 anos, a Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública lançou, na manhã desta quinta-feira, 25 de maio, o seu mais novo portal na internet: o Bahiana Journals, site destinado a publicações científicas que reúne revistas das áreas da Medicina, Odontologia, Educação e Saúde, Fisioterapia, Enfermagem e Psicologia. O site tem livre acesso a interessados e pesquisadores e está disponível no endereço journals.bahiana.edu.br.

A solenidade aconteceu na Unidade Acadêmica Cabula e contou com a presença da reitora da Bahiana, Prof.ª Dra. Maria Luisa Carvalho Soliani, do pró-reitor de Pesquisa e Inovação, Atson Fernandes e da pró-reitora de Ensino de Graduação e Pós-Graduação, Maria de Lourdes de Freitas Gomes que participaram da mesa de abertura.

Para marcar o lançamento do novo portal, o Núcleo de Comunicação Científica (NUCC) da Bahiana organizou uma programação especial com professores pesquisadores convidados de dentro e fora da instituição. A palestra de abertura, "Reflexões sobre o papel da informação científica no desenvolvimento das ciências", foi apresentada pela coordenadora do NUCC Prof.ª Dra. Kátia Sá. Em sua fala, ela apresentou toda a trajetória das revistas científicas da Bahiana, os processos de mudança e as metas para que os periódicos alcancem pontuações cada vez maiores nos estratos indicativos de qualidade nacionais e internacionais.

"O papel dos periódicos no desenvolvimento científico e social" foi o tema da palestra da Prof.ª Lena Vania Ribeiro Pinheiro, coordenadora de Ensino e Pesquisa, Ciência e Tecnologia da Informação do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBITC). Além de apresentar um breve panorama das ações do IBITC, a professora apresentou o conceito de "ciência aberta" que tem como objetivo fortalecer a replicabilidade, atribuição, reutilização e aprimoramento dos trabalhos científicos, facilitando a crítica e a colaboração.

O professor da Bahiana Dr. Luiz Cláudio Correia apresentou o tema "O papel das evidências científicas no desenvolvimento das ciências contemporâneas", em que mostrou paradigmas entre a quantidade e a qualidade das publicações científicas e a necessidade do fomento à produção de artigos de revisão, em detrimento à alta produção de artigos originais.

Por fim, os participantes puderam ouvir a palestra do convidado internacional, Franz Portzsout (Alemanha) que falou sobre os problemas de comunicação na produção científica.

As revistas foram apresentadas por seus respectivos editores e o portal foi também exibido publicamente pelo editor executivo do NUCC, João de Deus e pelo analista editorial, George Araújo.

Sobre o caminho percorrido para o status atual, Dra. Kátia conta que todo o processo teve início em 2012, quando foi iniciada uma pesquisa para compreender como são os padrões de qualidade e alinhar ao nível de excelência que a Bahiana já tem nos demais âmbitos. Depois de montar a equipe, ela conta: "passamos a desenvolver e aplicar os critérios internacionais no nosso processo de editoração, escolhendo editores científicos, conhecendo bem os indicadores e as formas recomendadas internacionalmente para a gente, no alcance de mais metas". A professora admite que o caminho de consagração das revistas científicas requer trabalho e paciência. "Esse é um trabalho que a gente vai ter que ter paciência para ir crescendo devagar, consistentemente, para que elas não morram, porque a maioria das revistas morrem em dois anos e as nossas já têm cinco e, pelo contrário, ao invés de morrer elas estão crescendo".


Novo portal

João de Deus explica que agora o portal de periódicos da Bahiana encontra-se em pleno acordo com as exigências internacionais. "O site foi feito para dialogar com a comunidade internacional, então, ele tem o que nos fazia falta, receber artigos em inglês, acomodar avaliadores estrangeiros que avaliem e editores que também façam esse trabalho em inglês".

Segundo o editor executivo, todo o projeto foi elaborado para suprir todas as lacunas que o sistema de editoração anterior não atendia, "então, a gente tem uma integração com rede social que é uma solicitação do Sielo, tem o inglês para conversar com a comunidade internacional, como é solicitado pelo nosso governo e a gente tem um destaque maior para notícias do fazer científico no intuito de disseminar a ciência e ajudar os autores a se aproximarem de padrões de integridade científica".

Prof.ª Lena mostrou-se entusiasmada com as apresentações das revistas e destacou o caráter inovador que a Bahiana possui, dentro de toda sua tradição. "Eu notei um engajamento de todos os pesquisadores que estão à frente dessas revistas, elas, esteticamente, estão muito bonitas, todas padronizadas nacional e internacionalmente. Eu acho que a instituição está de parabéns. Parabéns pelo evento, parabéns pela sua tradição e, ao mesmo tempo modernidade, estou encantada de estar aqui participando e conhecendo essa iniciativa".


Unidade Acadêmica Brotas

Av. Dom João VI, nº 275, Brotas.
CEP: 40290-000
tel.: (71) 3276 8200
fax.: (71) 3276 8202

Unidade Acadêmica Cabula

Rua Silveira Martins, nº 3386, Cabula
CEP: 41150-100
tel.: (71) 3257 8200
fax.: (71) 3257 8230

Coordenadoria Geral

Av. Dom João VI, nº 274, Brotas.
CEP: 40285-001
tel.: (71) 2101 1900
fax.: (71) 3356 1936