Notícias

MCC recebe exposição da Coleção Entomológica Mangabeira & Sherlock: popularização da ciência

O evento recebeu outras três mostras especiais.
17/10/2016


MCC recebe exposição da Coleção Entomológica Mangabeira & Sherlock: popularização da ciência

O evento recebeu outras três mostras especiais.

Oito em cada dez animais do planeta são insetos. O número expressa a importância de estudar e catalogar esses animais, feito realizado pelo médico e pesquisador Octávio Mangabeira Filho e o biólogo Ítalo Sherlock, nas décadas de 1940 a 1950, o que levou à Coleção Entomológica Mangabeira & Sherlock com mais de 34 mil exemplares de diversas espécies de artrópodes, em sua maioria insetos de interesse médico. O recorte escolhido pelo curador da coleção, o professor da Bahiana Artur Gomes Dias Lima, apresentou, na Bahiana, 12 das 224 gavetas da coleção na exposição “Coleção Entomológica Mangabeira & Sherlock: popularização da ciência”, que aconteceu no dia 7 de outubro, na Unidade Acadêmica Cabula, como parte da programação da XVI Mostra Científica e Cultural da Bahiana.

O curador explica que a coleção tem grande relevância para a ciência por servir como um banco de dados que permite o desenvolvimento de pesquisas estratégicas para a ecologia, biogeografia, conservação, taxonomia e sistemática. A missão dessa colação é realizar pesquisas e promover a formação de recursos humanos relacionados a insetos e outros artrópodes de interesse médico.
 

Quem estava à frente da curadoria da coleção era o Dr. Ítalo Sherlock que foi seu curador a convite do Dr. Octávio Mangabeira. Após seu falecimento, o conjunto perdeu sua visibilidade e, em 2014, a Fundação Oswaldo Cruz realizou um convênio com a UNEB que designou o professor Artur Gomes Dias Lima para ser seu novo curador. “De pronto, eu aceitei esse convite, porque seria não um trabalho, mas sim um presente e hoje ela está sob minha responsabilidade na Universidade do Estado da Bahia”.

Para o estudante de Enfermagem da UNEB Igor das Virgens Santana, que atuou como monitor da exposição, “a importância grande que tem essa coleção é poder estudar e aprender sobre a transmissão de muitas arboviroses, além de poder conhecer mais aqueles insetos com quem convivemos bastante e outros que não conhecemos tanto”.

Além da exposição Coleção Entomológica Mangabeira & Sherlock: popularização da ciência, os visitantes da MCC puderam visitar as mostras de fotografia “Panoramas microscópicos”, dos expositores Caíque Costa e Luís Sergio Santos Nunes e “Corpo, cidade e saúde mental”, da professora Mônica Daltro e estudantes do 7° e 8° semestres do curso de Psicologia.


Atividades dos cursos de graduação

Os visitantes da XVI MCC também puderam conhecer mais a fundo as atividades de extensão realizadas pelos cursos de graduação da Bahiana que apresentaram seus feitos em stands e espaços na área verde da Unidade Acadêmica Cabula.

“Práticas integrativas e complementares da medicina tradicional chinesa e biomedicina estética: o cuidado integral do indivíduo” foi o tema do stand do curso de Biomedicina que teve como coordenadores os professores Sidney Carlos de Jesus Santana e Renata Roseghini.
 
     

O stand do curso de Fisioterapia teve como tema “Avaliando, tratando e cuidando na Fisioterapia”, sob a coordenação dos professores Giovana Bergheme, Francisco de Oliveira, João Amaro, Mayra Castro de Matos Sousa e Moema Soares.

O stand “Promoção de saúde com o PETGraduaSUS Bahiana” reuniu docentes e discentes dos cursos de Enfermagem, Medicina e Odontologia e foi coordenado pelos professores Marta Menezes, Patrícia Suguri e Rosicleide Freitas com a participação da Liga Acadêmica de Clínica Médica (LACM).
 
     

“Olhares plurais sobre as drogas: redução de danos e cultura coordenação” foi o tema discutido pelo curso de Psicologia, sob a coordenação da professora Lidiane Guedes.

Na área verde da Bahiana, o curso de Educação Física interagiu com os participantes com jogos e brincadeiras da cultura popular com o lema: “Brincar é saúde!”, sob a coordenação do coordenador de graduação Clarcson Plácido e do professor João Franco Lima.


Leia mais:

Ciência, arte e cultura marcam 16ª edição da Mostra Cultural e Científica da Bahiana

Bahiana realiza VI Fórum de Pesquisadores

Inovação marca sessão de pôsteres da MCC 16

Cultura, Arte e Lazer inspiram atividades na XVI MCC

XVI MCC inaugura Tenda de Educação Popular em Saúde da Bahiana

Esportes radicais marcam presença na XVI MCC

Campus Brotas

Av. Dom João VI, nº 275, Brotas.
CEP: 40290-000
tel.: (71) 3276 8200
fax.: (71) 3276 8202

Campus Cabula

Rua Silveira Martins, nº 3386, Cabula
CEP: 41150-000
tel.: (71) 3257 8200
fax.: (71) 3257 8230

Coordenadoria Geral

Av. Dom João VI, nº 274, Brotas.
CEP: 40285-001
tel.: (71) 2101 1900
fax.: (71) 3356 1936