Notícias

Bahiana é destaque no Ranking Universitário da Folha 2017

Cursos da Bahiana destacam-se entre os melhores do Brasil.
20/12/2017


Bahiana é destaque no Ranking Universitário da Folha 2017

Cursos da Bahiana destacam-se entre os melhores do Brasil.

Os cursos da Bahiana destacaram-se, mais uma vez, no tradicional Ranking Universitário da Folha que, no total de cada graduação, avaliou 250 cursos. Desde 2002, o jornal realiza anualmente uma avaliação do ensino superior no Brasil.

Na edição de 2017, o curso de Medicina da Bahiana ficou em 18º lugar entre instituições públicas e particulares de todo o Brasil, sendo o segundo melhor curso do Nordeste, ficando atrás apenas da Universidade Federal do Ceará.

No cenário em que se consideram apenas as entidades particulares, o curso de Medicina da Bahiana ficou na 3ª colocação, atrás apenas da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo e da PUC do Rio Grande do Sul, sendo o primeiro da região Nordeste.

O curso de Biomedicina também despontou entre as públicas e particulares ficando na 24ª colocação nacional. Na Bahia, o curso ficou em 2º lugar, atrás apenas da Universidade Estadual de Santa Cruz, sendo o 1º melhor entre as instituições particulares.

Em 2º lugar, entre as públicas e privadas da Bahia, o curso de Enfermagem ficou em 62º no cenário nacional e, em 1º lugar no estado, no âmbito das instituições particulares.
“A gente deve isso a bons resultados no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (ENADE), ao fato de termos professores que trabalham em período integral e parcial, o que faz com que eles se dediquem mais efetivamente às atividades docentes”, declara a reitora da Bahiana, Dra. Maria Luisa Carvalho Soliani. Segundo ela, a Bahiana está bem posicionada pelo reconhecimento que o mercado confere a seus cursos “e também pelo reconhecimento dos docentes avaliadores do MEC que nos reconhecem como uma instituição de qualidade".

Para a pró-reitora de Ensino da Graduação e Pós-Graduação da Bahiana, Prof.ª Maria de Lourdes de Freitas Gomes, a colocação desses cursos é o reconhecimento de um trabalho de qualidade que vem sendo realizado há muito tempo. Segundo ela, é também o resultado de um trabalho sério, realizado com competência e compromisso por um corpo docente e técnico-administrativo que têm como objetivo a formação de um profissional de saúde capaz de atender às demandas do Sistema Único de Saúde em todos os níveis de atenção. “Formamos profissionais para assumir comportamentos orientados por valores éticos, humanitários e democráticos, evidenciados por atitudes solidárias em todos os momentos e procedimentos profissionais, senso de responsabilidade nas ações e decisões do cotidiano, respeito e compromisso com a vida, formação/instrumentalização técnico-científica e tecnológica, além da capacidade para realizar ações em equipe que possibilitem situações profissionais competentes na área e subáreas da saúde”, ressalta.

De acordo com o coordenador do curso de Biomedicina, Prof. Dr. Geraldo Argolo, alguns pontos justificam esse reconhecimento: “um corpo docente com titulação de excelência, boa experiência profissional, comprometido e motivado; um projeto pedagógico objetivo e sinérgico para com as demandas sociais e as inovações técnicas e científicas”. Ele sinaliza, ainda, o apoio sistemático do grupo de pedagogos que acompanham toda a prática de ensino-aprendizado, atendendo e acompanhando, de perto, as dificuldades e os desafios de discentes e docentes, “além de uma boa comunicação, clara e objetiva, com discentes e docentes, na busca da compreensão dos desafios e assertividade na resolução de crises”, finaliza.
 
Segundo Argolo, o curso possui uma boa capilaridade com o mercado de trabalho, a partir de convênios de estágios estratégicos, “além do cuidado do curso para com os discentes em suas respectivas práticas de estágio, uma vez que eles nos representam e seus desempenhos são cruciais para futuras oportunidades profissionais”. Ele ressalta, também, o fato de a Bahiana contar com uma estrutura própria para a execução de parte desses estágios.

“Esse resultado traduz uma posição extremamente interessante para o curso de Enfermagem da Bahiana, porque a pesquisa é um dos indicadores que os gestores de empresas levam em consideração. Não se trata de dizer que o curso é reconhecido apenas do ponto de vista de qualidade, mas que ele é visível aos olhos de gestores no mercado de trabalho”, aponta a coordenadora do curso, Prof.ª Cristiane Magali Freitas dos Santos.

Estar de acordo com as diretrizes curriculares e desenvolver uma forma diversificada de aprendizado por meio de práticas são pontos destacados pela coordenadora. Entre as atividades de extensão, o curso conta hoje com o projeto Cuidar Faz Bem em que os estudantes desenvolvem atividades no Centro Médico da Bahiana; o Bahianescer, no qual os estudantes da Bahiana, jovens e adolescentes da Mata Escura desenvolvem um trabalho de educação e saúde, refletindo sobre as politicas públicas e demandas que afetam essa faixa etária da sociedade; o projeto Anjos da Enfermagem, já consolidado e que trabalha a educação em saúde por meio de atividades lúdicas e a atuação em gestão em saúde e biossegurança no Centro Odontológico da Bahiana permite, além da prática, a interdisciplinaridade com os colegas do curso de Odontologia.

O curso de Fisioterapia despontou com o 40º lugar na nota do ENADE. Psicologia também foi bem avaliado, ficando em 4º lugar entre os 34 cursos de instituições privadas da Bahia.
 
O curso de Odontologia despontou como o melhor entre as instituições privadas baianas e o terceiro lugar entre públicas e particulares no estado.
 

Campus Brotas

Av. Dom João VI, nº 275, Brotas.
CEP: 40290-000
tel.: (71) 3276 8200
fax.: (71) 3276 8202

Campus Cabula

Rua Silveira Martins, nº 3386, Cabula
CEP: 41150-100
tel.: (71) 3257 8200
fax.: (71) 3257 8230

Coordenadoria Geral

Av. Dom João VI, nº 274, Brotas.
CEP: 40285-001
tel.: (71) 2101 1900
fax.: (71) 3356 1936