Notícias

Encontro para discutir cuidados com a saúde da população LGBTQI+ é realizado pela Bahiana

O tema abordará também as Políticas Nacionais de Saúde do Brasil.
28/08/2018


Encontro para discutir cuidados com a saúde da população LGBTQI+ é realizado pela Bahiana

O tema abordará também as Políticas Nacionais de Saúde do Brasil.

A sociedade contemporânea está cada vez mais marcada pela diversidade. Nesse cenário, discutir as questões relacionadas à saúde da população LGBTQI+ é essencial em todos os ambientes sociais. Com foco em proporcionar essa inclusão temática, a Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública promove o evento “Cuidados em saúde com a população LGBTQI+: você está capacitad@?”, com o objetivo de compreender o sujeito biopsicossocial inserido nas práticas em saúde e aplicar o conhecimento adquirido nas diversas áreas da saúde às estratégias de prevenção e cuidados para as pessoas inseridas em contextos diversos. O encontro acontece dia 20 de setembro, das 8h às 17h30, no Campus Cabula.
 
O evento é aberto à comunidade externa e é voltado para estudantes, professores e profissionais de saúde. As inscrições podem ser realizadas no site da Bahiana https://inscricoes.bahiana.edu.br/, exceto por professores da Bahiana que deverão se inscrever na Secretaria de Pós-Graduação.
 
Política Nacional de Saúde LGBT
 
A Política Nacional de Saúde Integral de Lésbicas, Gays, Bissexuais, Travestis e Transexuais ou Transgêneros (LGBT) foi implantada em 2013, pelo Ministério da Saúde. A Política LGBT é composta por um conjunto de diretrizes, cuja operacionalização requer planos contendo estratégias e metas sanitárias. Sua execução exige desafios e compromissos das instâncias de governo, especialmente das secretarias estaduais e municipais de saúde, dos conselhos de saúde e de todas as áreas do Ministério da Saúde. Essa política determina pontos importantes nas diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS), a exemplo da equidade, universalidade e integralidade, pois a sociedade atual está moldada a partir de fortes desigualdades de gênero, raça ou etnia, classe social, geração e orientação sexual.
 
Os profissionais que atuam no SUS possuem o grande desafio de romper o preconceito em relação à diversidade sexual. Diante disso, verifica-se a necessidade de uma orientação sólida, que prepare a área da saúde na formação de profissionais que conheçam a real necessidade dessa parcela da população, com o objetivo de proporcionar o cuidado humanizado, garantindo assim, o direito de qualquer cidadão a um atendimento no serviço de saúde de forma digna.
 
Serviço
 
O quê: Cuidados em saúde com a população LGBTQI+: você está capacitad@?
Quando: 20 de setembro de 2018.
Horário: das 8h às 17h30.
Onde: Campus Cabula.
End.: Av. Silveira Martins, 3386, Cabula.
Vagas: 150.
Carga Horária: 8h.

Investimento:
Estudantes: R$ 15,00 (quinze reais).
Profissionais: R$ 30,00 (trinta reais).
Professores da Bahiana: entrada gratuita.
Forma de pagamento: dinheiro ou cartão de débito.
 

Campus Brotas

Av. Dom João VI, nº 275, Brotas.
CEP: 40290-000
tel.: (71) 3276 8200
fax.: (71) 3276 8202

Campus Cabula

Rua Silveira Martins, nº 3386, Cabula
CEP: 41150-000
tel.: (71) 3257 8200
fax.: (71) 3257 8230

Coordenadoria Geral

Av. Dom João VI, nº 274, Brotas.
CEP: 40285-001
tel.: (71) 2101 1900
fax.: (71) 3356 1936