Notícias

MCC também é Responsabilidade Social

Mostra recebe idosos e adolescentes com atividades lúdicas e educativas.
21/10/2019


MCC também é Responsabilidade Social

Mostra recebe idosos e adolescentes com atividades lúdicas e educativas.

O grupo de idosas da Paróquia Nossa Senhora de Brotas e Abrigo Monte Alverne também compôs o público da Mostra Científica e Cultural da Bahiana deste ano. Elas foram recebidas na tarde do primeiro dia do evento, pelas Ligas Acadêmicas de Neurodinâmica (LAND) e de Psiquiatria (LAP), cujos participantes coordenaram atividades artísticas a fim de estimular tanto as habilidades manuais quanto emocionais.

Alzira Josefina conta que frequenta o grupo há cerca de um ano e percebe como benefício a abordagem a respeito do envelhecimento: “Eu acho muito interessante esse encontro porque é uma forma de associar as pessoas, de fazer com que elas se encontrem, porque, geralmente, quando vão ficando mais velhas, elas têm mais dificuldade de se locomover e desempenhar atividades sociais. É um momento de encontro e conhecimento, para sabermos conviver com essa fase que estamos vivendo, saber como lidar com as mudanças, os problemas e as alegrias”.
 

Rosina Leda Paixão da Silva ficou satisfeita com o trabalho desenvolvido pelos acadêmicos das ligas. “Eu gostei muito de vir aqui hoje e de estar com os meninos. Graças a Deus esses jovens estão buscando desenvolver esse trabalho voltado para os idosos. Hoje nós estamos nos tornando independentes e fazendo as nossas escolhas, buscando a nossa felicidade conforme os nossos limites”.

Também visitaram a MCC os estudantes do ensino fundamental do Colégio Anita Lélis, da cidade de Riachão do Jacuípe. Eles participaram de uma atividade coordenada pelos estudantes de Medicina, monitores do Laboratório Morfofuncional. Para tornar a visita especial, os acadêmicos escolheram o amor como tema. “Hoje estamos abordando como a anatomia funciona com o amor. Trouxemos músicas, poemas e vídeos para demonstrar como o nosso corpo reage ao amor”, explica o acadêmico do 3º semestre de Medicina Márcio Barreto.
 
     

Maria Clara de Oliveira Cunha, de 15 anos, estudante do Colégio Anita Lélis, conta que ficou até sem dormir, ansiosa para a visita à Bahiana: “Eu achei tudo muito incrível. A parte que eu gostei foi da área de anatomia, pois sou apaixonada por esse tema. É esperançoso ver jovens que começaram como a gente quer começar, já despertando em nós essa vontade de estudar, essa vontade de querer seguir a profissão e fazer com excelência. É muito esperançoso para a gente, que está começando a pensar na profissão que vamos ter. Achei tudo lindo. As pessoas são especiais. Me encantei por cada lugar aqui”.

Victor Gabriel da Silva Oliveira, de 14 anos, conta que a Bahiana o surpreendeu. “É mais do que eu esperava, porque aqui é tudo maravilhoso, como em um filme. Eu nunca tinha tido a oportunidade de visitar uma faculdade especialmente voltada para a saúde”.

A diretora do colégio e mãe do estudante de Medicina Rafael Lélis, Guia Lélis, ressalta a importância da visita: “É uma alegria muito grande estar aqui hoje, não somente como mãe de um aluno, mas trazendo alunos da minha escola para frequentar um ambiente tão bonito. Eles já estão no 9º ano, com perspectivas de ingressar no ensino médio e, logo mais, na faculdade, então hoje podemos mostrar a gama de cursos que a Bahiana oferece”.

No segundo dia de MCC, foi a vez de os estudantes do 2º ano do ensino médio, do Colégio Nossa Senhora da Luz, participarem das atividades. Eles se dividiram e se alocaram em duas salas para debater o tema “Fato ou boato: devo acreditar ou estão me enganando?!”
 
     

Os graduandos em Medicina, Gabriel Grisi, 9º semestre (Bahiana), Camila Verônica Freire, 5º semestre (Bahiana), Daniel Medina, 10º semestre (UFRB), Thiago Taniguch, 7º semestre (Bahiana), e o professor Diego Rabelo estiveram à frente da temática, guiando as discussões.

Segundo a estudante Camila Verônica Freire, o objetivo da discussão foi levar os pensamentos científico e filosófico para além dos muros da universidade: “Por isso, o espaço foi pensado para receber os alunos do ensino médio. É uma iniciativa que abrange os campos científico, social e político, por meio do compartilhamento de ideias. A intenção não é ditar o que é verdade ou falso, mas capacitar os estudantes de acordo com as informações disponíveis”.
Para Matheus Rosal, 17 anos, aluno do segundo ano do ensino médio do Colégio Nossa Senhora da Luz, “a didática utilizada foi interessante e, ao contrário do que se observa em sala de aula, a ação incentivou o pensamento crítico”.



NOTÍCIAS RELACIONADAS | Leia também:
MCC 2019: uma mistura de ciência, arte, filosofia e amor
XVII Jornada de Iniciação Científica (PIBIC) é marcada pela interdisciplinaridade 
MCC também é Responsabilidade Social
PET Bahiana destacou-se na XIX MCC
Tendas na área verde integraram a programação da XIX MCC da Bahiana
Bahiana Verde é destaque na XIX MCC


Confira também:
Galeria de fotos do 1º dia da MCC
Galeria de fotos do 2º dia da MCC
Galeria de fotos do XIX Fórum de Pesquisadores da Bahiana

 

Campus Brotas

Av. Dom João VI, nº 275, Brotas.
CEP: 40290-000
tel.: (71) 3276 8200
fax.: (71) 3276 8202

Campus Cabula

Rua Silveira Martins, nº 3386, Cabula
CEP: 41150-000
tel.: (71) 3257 8200
fax.: (71) 3257 8230

Coordenadoria Geral

Av. Dom João VI, nº 274, Brotas.
CEP: 40285-001
tel.: (71) 2101 1900
fax.: (71) 3356 1936