Galeria de Fotos

Inauguração da Clínica Odontológica
O Centro Odontológico da Bahiana Saúde acaba de lançar mais um serviço inovador. Fundamentada no ideal de humanização e viabilização da saúde para todos, foi inaugurada, esta semana, a Clínica Odontológica da Bahiana. Para marcar a data, uma das primeiras pacientes a serem atendidas foi a reitora da Bahiana Dra. Maria Luisa Carvalho Soliani, além de colaboradores de diversos setores da instituição.

O serviço é oferecido a toda a comunidade de Salvador, com preços diferenciados, possibilitando o acesso a um tratamento de qualidade com a vantagem de finalização em prazos mais curtos do que na clínica escola, como explica a gestora do Centro Odontológico e professora do curso de Odontologia, Cecília Azoubel. "A nossa clínica escola já atende a toda a comunidade de Salvador por demanda espontânea e aqui vai haver um atendimento também por demanda espontânea, mas com um fluxo diferente. No caso da clínica escola, temos uma limitação no número de vagas, enquanto a clínica odontológica terá uma agenda mais otimizada, com atendimentos e tratamentos com finalização em prazos mais curtos, pois os pacientes serão atendidos, exclusivamente, por profissionais – os alunos na clínica escola oferecem um bom atendimento, porém é necessário mais tempo com o paciente."

O coordenador de Negócios de Impacto Social, André Soliani, explica que um dos objetivos do novo serviço é oferecer um atendimento de qualidade a quem precisa, missão da Bahiana. Segundo ele, a ideia é que o serviço seja sustentável, não dependendo de doações, nem sendo um custo para a instituição. "A Clínica Odontológica é um projeto piloto com o objetivo de ampliar a oferta de saúde bucal a quem precisa, dentro de um modelo que se perpetua. Temos algumas inovações nesse modelo, como uma tabela de preços diferenciada, onde quem ganha mais paga mais, e quem ganha menos paga menos".

Segundo André, foi elaborada uma tabela para os colaboradores da instituição que é dividia em três faixas de pagamento, atendendo a todos os cargos da instituição. O público externo ficou enquadrado na faixa intermediária. "Tudo isso com a mesma qualidade para todos, seja no atendimento, sejam nos materiais utilizados que estão entre os melhores do mercado. Dessa forma, temos como foco a sustentabilidade financeira do serviço e não dependeremos de aportes externos para funcionar. Esse modelo também propõe a quebra do paradigma das desigualdades do país, onde estamos acostumados a ter serviços para pobres e outros para os ricos."

Algumas das vantagens apontadas por André foram as formas de pagamento. Colaboradores da Bahiana podem custear o tratamento com desconto em folha salarial, e pacientes sem vínculo com a instituição podem dividir o total em até 12 vezes sem juros no cartão de crédito.
 
 
Atendimento

"Eu achei válido, adorei, gostei muito, e o projeto parece ser muito bom. O atendimento foi excelente", conta Vera Regina Ribeiro dos Santos, integrante do setor de apoio a eventos. Verinha passou por uma avaliação e fez um raio-x panorâmico.

 “O atendimento foi ótimo, os dentistas explicaram tudo certinho, de forma bem clara, e foram bem compreensivos”, conta Marcus Santos Venâncio, colaborador do Depin. Ele fez uma avaliação para tratamentos de cárie e aplicação de flúor. “O projeto está de parabéns! Estávamos precisando mesmo de um projeto como esse, com preços mais acessíveis do que os encontrados em outros lugares.”

Segundo a reitora da Bahiana Maria Luisa Carvalho Soliani, a clínica propõe vários objetivos. “Um deles é oferecer um atendimento e um ambiente de alta qualidade para todo mundo. Para os nossos colaboradores e seus familiares, para os nossos alunos, para toda a comunidade, com valores justos e menores do que os trabalhados no mercado, mas com uma qualidade de excelência.”

Ela destaca que a clínica vai contribuir com a sustentabilidade do serviço de todo o Centro Odontológico, que continua sendo voltado, principalmente, para a docência-assistencial e ensino. “A ideia é que, na medida em que cresça, a clínica ajude a sustentar o ambulatório-docente assistencial”, disse a reitora.

Sobre o atendimento, Maria Luisa destaca como diferencial a avaliação completa. “Foi feita uma avaliação geral, com um raio-x panorâmico e exame físico, no qual a dentista analisou tudo o que um paciente precisa, não somente o que dói. Ela fez uma avaliação da saúde bucal, verificou o que há de necessário tratar e fez o orçamento. ”
 
 
 


Campus Brotas

Av. Dom João VI, nº 275, Brotas.
CEP: 40290-000
tel.: (71) 3276 8200
fax.: (71) 3276 8202

Campus Cabula

Rua Silveira Martins, nº 3386, Cabula
CEP: 41150-100
tel.: (71) 3257 8200
fax.: (71) 3257 8230

Coordenadoria Geral

Av. Dom João VI, nº 274, Brotas.
CEP: 40285-001
tel.: (71) 2101 1900
fax.: (71) 3356 1936