Notícias

SEPET discute práticas da psicologia

Palestras e mesas-redondas enriqueceram a 8ª edição do Seminário de Preparação para Estágio e Trabalho.
06/10/2016


SEPET discute práticas da psicologia

Palestras e mesas-redondas enriqueceram a 8ª edição do Seminário de Preparação para Estágio e Trabalho.

Os estudantes de psicologia da Bahiana participaram de uma maratona de palestras e mesas-redondas sobre estágio e campos de trabalho, dentro do 8º Seminário de Preparação para Estágio e Trabalho (SEPET). O evento aconteceu na manhã do dia 5 de outubro, na Unidade Acadêmica Brotas, e contou com a presença de psicólogos convidados e professores do curso que apresentaram as múltiplas práticas da psicologia nos diversos segmentos profissionais.

A abertura foi realizada pela coordenadora do curso de Psicologia, professora Sylvia Barreto, e pela professora Ana Aparecia Martinelli Braga, coordenadora de estágio em Psicologia da Bahiana.
 
     

Além de promover o aprendizado por meio da troca de experiências com profissionais atuantes na área, o SEPET busca também aprimorar, no estudante, as competências esperadas para o desempenho de uma prática profissional ética e humanística em diferentes ambientes da sociedade.

Professora Sylvia Barreto ressaltou a importância do evento “por ser este um momento delicado que tem a ver com a escolha que o estudante deseja fazer e a quais competências ele vai desenvolver para que depois se insira no mundo do trabalho”. Ela explicou que, na Bahiana, são dadas as ênfases da psicologia nos campos do trabalho e da saúde e que, para a inserção dos estudantes nas vagas de estágio, a instituição possui convênios com vários espaços na área de trabalho: empresas públicas, privadas, ONGs e consultorias com foco na área de trabalho, recursos humanos, gestão de pessoas e medicina ocupacional. “Na ênfase saúde, temos também outros espaços conveniados, a exemplo de hospitais públicos, privados, CAPS e clínicas de saúde mental”.

Ana Aparecida explicou que, na Bahiana, o aluno pode optar pelo estágio em clínica ampliada, na qual, além de atender pacientes no consultório, ele tem a prática de grupos e, necessariamente, em ambulatórios. “O estudante pode atuar, desde a sala de espera até o acompanhamento multiprofissional com os colegas das outras áreas. São 16 horas de prática, semanalmente, com uma diversidade ampla que enriquece a sua formação como psicólogo”.

Sylvia Barreto apontou que o currículo de Psicologia da Bahiana é o único no Brasil a garantir a inserção em estágio para 100% de seus estudantes dos últimos anos. “Não existe em nenhum curso de Psicologia do Brasil a modalidade de internato. Então, no 4º ano, temos 100% dos nossos estudantes circulando em grandes áreas: 10 semanas em ambulatório, 10 em uma unidade básica de saúde e 10 em um hospital, na área de RH”.
 
     

A programação pontuou as práticas da psicologia na atenção primária, secundária e terciária e foi composta de apresentações de palestrantes convidadas. A psicóloga do Serviço de Psicologia do Centro de Diabetes e Endocrinologia do Estado da Bahia (CEDEBA), Michele Vieira, apresentou a prática da psicologia na atenção secundária dentro do órgão público, apontando o fortalecimento da parceria entre a instituição de ensino e o SUS como um dos pontos fortes do SEPET. “O seminário é interessante porque propõe ao aluno conhecer outras práticas, além daquelas que a sua instituição de ensino oferece. É uma troca que fortalece a parceria entre o SUS e a faculdade e, por isso, é uma prática duplamente positiva”.

A estudante do 10º semestre Laíse Lima participou da apresentação da palestra “A psicologia no mundo do trabalho”, em que foi relatada a experiência do estágio no setor de pessoal do Hospital Humberto Castro Lima. “O lugar do SEPET é justamente trazer o conhecimento, a segurança, as novas possibilidades que nos levam a perceber que o psicólogo, sim, tem diferentes campos de atuação e que ele sempre vai ter uma atuação gratificante e muito rica. A Bahiana é uma instituição de ensino superior que proporciona que a gente vá caminhando na prática. No primeiro semestre, a gente já está na prática e o estágio vai possibilitando que você cresça e se aproprie, que vá alinhando teoria e prática”.

Foram apresentadas também as temáticas: Práticas da psicologia na Atenção Primária, com as professoras Nádia Maurícia Matos (CCVP) e Lavínia Boaventura Silva (Programa Candeal); Práticas da psicologia na Atenção Terciária, com as psicólogas convidadas Alice Leal (Hospital Roberto Santos) e Suzane Bandeira (Hospital Aristides Maltez); A importância do trabalho pessoal na formação do psicólogo com a gestora do Núcleo de Atenção Psicopedagógica (NAPP), Angélica Mendes e Ruth Aragão, do Núcleo de Supervisão Pedagógica (NUSP);  relato de atividades de egressos com Madalena Santos que abordou o Programa de Educação Continuada (PEC) e Raquel Malheiros que falou sobre sua experiência em clínica particular.

Confira as fotos.

Campus Brotas

Av. Dom João VI, nº 275, Brotas.
CEP: 40290-000
tel.: (71) 3276 8200
fax.: (71) 3276 8202

Campus Cabula

Rua Silveira Martins, nº 3386, Cabula
CEP: 41150-000
tel.: (71) 3257 8200
fax.: (71) 3257 8230

Coordenadoria Geral

Av. Dom João VI, nº 274, Brotas.
CEP: 40285-001
tel.: (71) 2101 1900
fax.: (71) 3356 1936