Notícias

IX Simpaids é marco na pesquisa do vírus HIV no Brasil

IX Simpósio Brasileiro de Pesquisa Básica em HIV/AIDS que aconteceu de 1º a 3 de setembro, no Bahia Othon Palace Hotel, teve continuidade na Bahiana com o II Workshop em Banco de Dados de Sequências.

06/09/2011


IX Simpaids é marco na pesquisa do vírus HIV no Brasil

IX Simpósio Brasileiro de Pesquisa Básica em HIV/AIDS que aconteceu de 1º a 3 de setembro, no Bahia Othon Palace Hotel, teve continuidade na Bahiana com o II Workshop em Banco de Dados de Sequências.

Em continuidade à programação do IX Simpósio Brasileiro de Pesquisa Básica em HIV/AIDS, a Bahiana, grande realizadora do evento, recebeu, de 5 a 7 de setembro, o II Workshop brasileiro em banco de dados de sequências do HTLV-1 e HIV-1 para o estudo de retroviroses humanas e suporte de vacinas. Tendo como público-alvo pesquisadores que atuam nas áreas de resistência às drogas antirretrovirais, pesquisa de potenciais produtos vacinais anti HIV-1/AIDS e pesquisa clínica e epidemiológica da infecção pelo HTLV-1, o curso promoveu a capacitação dos participantes no segmento da bioinformática com vistas à análise e catalogação das diversas sequências da cadeia de DNA do vírus HIV.

“Assim como o vírus da gripe, o vírus HIV é muito mutável. Por isso, esse curso que estamos realizando, aqui é importante, porque através de programas de informática você pode estudar melhor as sequências do vírus e procurar melhor aquela região onde ele não está mudando para, a partir daí, testarmos antivírus (vacinas). Estes estudos também devem ser temporais, justamente por conta da mudança que o vírus sofre”, explica o Prof. Dr. Luís Alcântara, pesquisador do CPqGM/FIOCRUZ e professor da Bahiana.

 O IX Simpaids foi uma realização da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública e contou com o apoio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES), Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado da Bahia (Fapesb), Fiocruz e Ministério da Saúde.

O evento reuniu importantes nomes da pesquisa no segmento HIV/AIDS de todo o mundo, tendo como palestrantes Dr. Bernardo Galvão Castro Filho, pesquisador titular do LASP/CPqGM/FIOCRUZ e coordenador do Centro de HTLV e Hepatites Virais da Bahiana; Dr.ª Cristina Possas, responsável pela Unidade de Pesquisa e Desenvolvimento Tecnológico - PN DST/AIDS do Ministério da Saúde; Dr.ª Anne-Mieke Vandamme, pesquisadora e professora titular do Instituto Rega, Universidade Católica de Leuven, Bélgica; Dr. Massimo Cicozzi, pesquisador e professor do Laboratorio di Epidemiologia e Biostatistica, Istituto Superiore di Sanità, Roma, Itália; Dr. David Watkins, pesquisador-chefe do grupo de Vacinas da Universidade de Wisconsin-Madison, USA; e Dr.ª Genoveffa Franchini pesquisadora-chefe do laboratório de vacinas em modelo animal do Instituto Nacional de Saúde dos Estados Unidos, dentre outros.

Pesquisadoras de Biomedicina/ Bahiana

A programação contou com a apresentação do 1º banco de sequências do vírus HTLV-1, pesquisa tema da dissertação de mestrado da ex-aluna do curso de Biomedicina da Bahiana, Thessika Hialla Araujo (CNPq/Fiocruz).

“Estamos trabalhando há dois anos na construção de um banco de dados que tem coletas do mundo inteiro. Então trabalhamos desde a sequência (do vírus) até o perfil clínico do paciente (doenças associadas, gênero, idade).  Assim,  banco de dados é muito importante, tanto para conhecermos mais a doença, como para fazermos uma vacina”, explica Thessika.

Outra ex-aluna do curso de Biomedicina da Bahiana que participou do Simpaids é a doutoranda Luciane Santos. Sua pesquisa estuda o gene do agente transmissor da leptospirose que pode ter diferentes origens o que ocasiona sintomas diferentes nas vítimas atingidas. “Precisamos de um banco de dados para estudos de testes rápidos e detecção precoce da doença, promovendo um tratamento mais eficaz”. Luciane conta que muitas vezes há demora no diagnóstico da leptospirose por conta das diferentes manifestações dos sintomas.

 

CLIQUE AQUI para ver as fotos.

Campus Brotas

Av. Dom João VI, nº 275, Brotas.
CEP: 40290-000
tel.: (71) 3276 8200
fax.: (71) 3276 8202

Campus Cabula

Rua Silveira Martins, nº 3386, Cabula
CEP: 41150-000
tel.: (71) 3257 8200
fax.: (71) 3257 8230

Coordenadoria Geral

Av. Dom João VI, nº 274, Brotas.
CEP: 40285-001
tel.: (71) 2101 1900
fax.: (71) 3356 1936