Projeto Educacional

Projeto Educacional


O desejo de conquistar uma formação de excelência na área de saúde leva muitos candidatos a escolherem a Bahiana, instituição que preza pela qualidade do ensino de graduação e pós-graduação, da pesquisa e da extensão. 

A realização do sonho de fazer parte desta tradicional instituição está sintonizada com as suas práticas acadêmicas e com o seu Projeto Pedagógico Institucional, que é referência dentre as instituições de ensino superior. 

O projeto foi elaborado a partir da autoavaliação institucional e da avaliação externa. Ele inclui a concepção dos cursos, os objetivos dos cursos e o perfil do egresso, além de recursos didáticos e metodológicos.

Suas diretrizes estão alinhadas ao Projeto de Desenvolvimento Institucional, que norteia os Projetos Pedagógicos de Curso, os quais, por sua vez, seguem as Diretrizes Curriculares Nacionais para a área de saúde e as específicas de cada curso. Todo um compromisso em prol da qualidade de ensino. 

Princípios pedagógicos: 

  • interdisciplinaridade;
  • educação interprofissional;
  • relação entre teoria e prática;
  • integração entre ensino, pesquisa e extensão;
  • integração entre ensino, serviço e comunidades.


O papel da Bahiana é formar profissionais de saúde qualificados, capazes de atender às necessidades da população, defensores dos princípios do SUS, imbuídos de valores éticos e humanistas, estendendo à comunidade os benefícios da aquisição e da produção do conhecimento.


A constante reflexão sobre os currículos dos cursos é garantida pela atuação dos Núcleos Docente-Estruturantes, em consonância com as representações docentes e discentes dos Conselhos de Série, dos Conselhos de Integração Curricular, assim como das avaliações institucionais.



Concepção dos cursos

Bahiana considera que o processo ensino-aprendizagem está voltado para a transformação de ordem social – sendo a escola, o agente de mudança; e o homem, o sujeito da educação. Apesar de complexo, esse compromisso representa um processo em evolução constante, sempre direcionado às necessidades da sociedade, a partir do desenvolvimento de habilidades cognitivas, afetivas e psicomotoras. 

A metodologia de ensino adotada visa estimular debates, a análise dos problemas, dos movimentos sociais, e a troca de experiências. Nesse cenário, o professor e o aluno precisam estar engajados numa prática transformadora, pois a avaliação é entendida como processo contínuo, participativo e coletivo. 

Tais premissas estão expressas nos Projetos Pedagógicos dos cursos da Bahiana, construídos a partir de um trabalho interdisciplinar desenvolvido pela escola, com garantia de constante adequação e renovação curricular. Seus elementos principais são:

• conhecimentos e saberes considerados necessários à formação das competências estabelecidas a partir do perfil do egresso; 
• estrutura e conteúdo curricular; 
• ementários; 
• bibliografias básica e complementar; 
• estratégias de ensino; 
• docentes; 
• recursos materiais;
• serviços administrativos, serviços de laboratórios e infraestrutura de apoio ao pleno funcionamento do curso.



Objetivo dos cursos


Objetivo Geral
• formar profissionais de saúde centrados em valores, atitudes, competências e habilidades com ênfase nos princípios éticos, humanitários e democráticos para atender às necessidades de saúde da sociedade.

Objetivos específicos
• Assumir a pedagogia interativa como suporte para o trabalho de reconstrução coletiva do currículo dos cursos.

• Repensar a prática educativo-pedagógica da Escola, face às transformações contemporâneas.
• Comprometer-se com a qualidade de uma formação coerente com as exigências da realidade sociocultural.
• Refletir sobre o papel social dos profissionais de saúde, em favor da consolidação dos princípios e diretrizes do SUS.



Perfil do profissional

Bahiana orgulha-se do legado que conquistou ao longo de mais de 60 anos de história, com excelência na formação profissional pautada no desenvolvimento de competências e habilidades técnicas, humanísticas e sociais.

O que esperar do egresso: 

• Comportamento e postura orientados por valores éticos, humanitários e democráticos, evidenciados por meio de atitudes solidárias em todos os momentos e procedimentos profissionais. 

• Senso de responsabilidade social e profissional nas ações e decisões do cotidiano. 
• Respeito e compromisso com a vida, formação/instrumentalização técnico-científica e tecnológica. 
• Capacidade técnica para realizar ações em equipe que possibilitem atuações profissionais competentes nas diversas áreas da saúde.
• Capacidade de entender a dimensão conceitual de uma economia globalizada e a sua função nas relações dessa economia.

Para atingir esses objetivos, todos os professores e coordenadores envolvidos no processo de ensino-aprendizagem devem estar atentos às Diretrizes Curriculares (CNE/MEC), para que sejam formados profissionais aptos a atuar em diferentes cenários na área de saúde, nos setores públicos e privados, conscientes de suas responsabilidades e do seu compromisso social.



Recursos didáticos e metodológicos


Bahiana adota uma metodologia essencialmente interativa, uma vez que estimula a autonomia intelectual do indivíduo. Para a instituição, o ser humano é ativo e dotado de relações sociais, perfil esse que desafia a prática docente a uma postura de mediação do processo ensino-aprendizagem.

O processo de autoaprendizagem mediada traz importantes vantagens, pois estimula a autodeterminação, a iniciativa, o respeito a todos, a cooperação e a solidariedade, por meio de uma educação para a compreensão do mundo, do outro e de si mesmo.  

Para tanto, metodologias ativas são utilizadas, dentre as quais se destacam: 
• ABP (Aprendizagem Baseada em Problemas);
• TBL (Team Based Learning);
• Aula invertida;
• Simulação realística;
• Atividades práticas em campo e laboratórios de ensino;
• Ações interprofissionais;
• Avaliações clínicas estruturadas (OSCE); 
• Miniavaliação clínica (MiniCex).

O elemento central do ensino oferecido pela Bahiana é baseado na problematização e na contextualização das práticas de formação, o que garante ao discente o desenvolvimento do senso crítico e prático ao longo de sua formação, resultando em maior motivação para o aprendizado, estímulo ao desenvolvimento do raciocínio clínico, do trabalho em equipe e do desenvolvimento de habilidades de autoaprendizagem.

Outros elementos que também norteiam o projeto educacional são:

  • o cuidado centrado no usuário, família e comunidade;
  • a comunicação interprofissional;
  • o trabalho em equipe e em rede de cuidado;
  • as práticas colaborativas intercursos.

O Ambiente Virtual de Aprendizagem da Bahiana (AVA), plataforma utilizada para o desenvolvimento das atividades de educação digital, permite que os componentes curriculares dos diversos cursos, tanto de graduação como de pós-graduação e extensão, se beneficiem de uma série de recursos acessados a partir da plataforma.

Laboratórios virtuais, aulas práticas à distância, videoaulas, videoconferências, atividades telepresenciais, tarefas e avaliações variadas, simulações realísticas com atores e manequins, softwares e plataformas diversas propiciam inúmeras possibilidades de aprendizado, usando os recursos mais modernos, tanto presenciais como a distância.

Os alunos e professores também dispõem de uma Biblioteca virtual e acesso remoto aos Periódicos CAPES. Como a Bahiana faz parte da RUTE – Rede de Telemedicina, alunos e professores também participam de Grupos de Interesse Especial (SIGs), em conexão com vários hospitais e centros de pesquisa do Brasil.